domingo, 5 de maio de 2013

Engenharia Extrema Túnel do Estreito de Bering - Ferrovia

Os 80 km que separam a Ásia da América do Norte não são páreo para a megalomania russa, que pretende entrar para o rol das economias desenvolvidas com a construção de uma mega ligação logística (trem, oleoduto e fibra ótica) com o antigo rival da Guerra Fria. O custo de construir o maior túnel do mundo (quase o dobro do que o Eurotunel) ficaria por conta do petróleo e do gás, a maior riqueza do país, para desprezo dos capitalistas norte-americanos, que só acreditarão na viagem toda se houver interesse da iniciativa privada, claro.


Já existe um túnel ferroviário submerso ligando os países França e Inglaterra, mais conhecido como o Eurotúnel, é possível transportar passageiros e cargas como caminhões, automóveis entre outras mercadorias, o Trem Eurostar faz esta travessia rapidamente.