sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Aeromóvel chega a 1 milhão de passageiros transportados

Nesta semana, a conexão metrô-aeroporto via tecnologia aeromóvel ultrapassa o número de um milhão de passageiros transportados. Celebrando essa marca, a Trensurb recebe, na manhã de sexta-feira (19), às 11h, o ato de assinatura do contrato dos estudos e projetos das linhas 2 e 3 do aeromóvel de Canoas entre a prefeitura do município e a Aeromovel Brasil S.A., detentora da tecnologia, além do decreto que institui o comitê gestor da obra. O evento ocorre na Estação Salgado Filho do aeromóvel da Trensurb, em anexo ao Terminal 1 do Aeroporto Salgado Filho. Em outubro, o Ministério das Cidades já havia garantido à Prefeitura de Canoas os R$ 272 milhões necessários para que seja licitada a implantação do primeiro trecho de uma linha da tecnologia, que ligará a Estação Mathias Velho da Trensurb à Avenida 17 de Abril, no Bairro Guajuviras.


O diretor-presidente da Trensurb, Humberto Kasper, afirma que a empresa está “firmemente empenhada para dar suporte, juntamente com a Aeromovel do Brasil, a projetos de aplicação operacional da tecnologia”. Para ele, “o interesse pela aplicação da tecnologia aeromóvel não é gratuito, pois com os resultados obtidos até o momento, temos a certeza que estamos no caminho certo”. Kasper afirma ainda que, por ser totalmente desenvolvido no Brasil e utilizar tecnologia 100% nacional, o aeromóvel tem movimentado a indústria e o mercado profissional do país. “Durante os quase três anos de projeto, mais de 50 empresas e mil pessoas empenharam-se para que a implantação da linha se concretizasse”, pontua.

Para o coordenador do Centro de Desenvolvimento Operacional Aplicado à Tecnologia Aeromóvel, da Trensurb, Sidemar Francisco da Silva, a tecnologia “tem cumprido o objetivo de melhorar a acessibilidade ao aeroporto, além de integrar dois sistemas de transporte de massa”. Sidemar destaca ainda que, com média de 3.200 passageiros por dia, “a tendência é que a demanda cresça ainda mais na medida em que o sistema vai sendo conhecido”. Outro ponto positivo a ser evidenciado, na opinião do coordenador, é que o sistema possibilitou aos técnicos da Trensurb conhecer melhor essa tecnologia. “Atualmente, temos equipes de operadores que possuem bastante domínio dos equipamentos e que conseguem operar o veículo sem a necessidade de participação da empresa que desenvolveu o aeromóvel e dos fornecedores em geral”, conta.


A linha metrô-aeroporto do aeromóvel

O projeto da primeira linha da tecnologia aeromóvel em operação comercial no Brasil é uma iniciativa da Trensurb e totalmente desenvolvido no país, usando tecnologia 100% nacional, de baixo custo de implantação e operacional, além de reduzido impacto ambiental. Funcionando alternadamente conforme a demanda, os dois veículos (um com capacidade para 150 passageiros, outro para 300) suspensos, movidos por propulsão pneumática, permitem a integração e acesso rápido e direto dos usuários do metrô ao terminal aeroportuário. O trajeto de 814 metros, com duas estações de embarque, é percorrido em dois minutos e meio. Operando comercialmente desde maio deste ano, a linha foi inaugurada e aberta ao público (ainda em regime de testes), com a presença da presidenta Dilma Rousseff, em agosto de 2013. Fonte: Trensurb

_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...