quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Futuros Condutores do VLT do Rio de Janeiro nas vias de Paris

Grupo que vai operar os primeiros trens do Rio de Janeiro passa um mês em treinamento na França

A primeira equipe de operadores dos trens da Concessionária do VLT Carioca, contratada pela Prefeitura do Rio para implantar e operar o Veículo Leve sobre Trilhos, embarcou no sábado, 5 de setembro, para Paris, na França. Futuros inspetores, fiscais e supervisores do sistema, os 14 profissionais com larga experiência na condução de transportes públicos de massa passarão um mês em treinamento com aulas teóricas e práticas. Além de conduzir e controlar a frota formada por 32 composições, vão atuar como multiplicadores, responsáveis pela formação e treinamento de outras turmas.


Os primeiros 14 profissionais em capacitação em Paris são ex-motoristas de ônibus e ex-operadores do metrô e dos trens do Rio

O rigoroso processo seletivo teve duração de 120 dias. Inicialmente, 72 profissionais foram escolhidos. Na etapa final, os 28 aprovados foram divididos em duas turmas para temporada de capacitação. O curso tem módulos específicos de exercícios de simulação e ambientação.

Aos 61 anos, Rogério Studart, um dos condutores pioneiros do metrô do Rio que trabalhou no sistema por 35 anos, está entusiasmado com a nova função. Após dois anos aposentado, volta ao mercado com a oportunidade de reviver a experiência de acompanhar a criação de um novo transporte carioca. Assim como agora, há quase quatro décadas, o futuro operador do VLT iniciou carreira no setor antes do metrô entrar em operação. “Não poderia desperdiçar a chance de passar mais uma vez pelo processo de criação deste novo modelo transporte que trará benefícios à cidade. Desta vez, com meus 35 anos de bagagem, além de aprender, poderei contribuir com meus conhecimentos. Quero ser parte integrante deste marco da mobilidade carioca”, disse Studart.

O primeiro mês de formação será no centro de treinamento da empresa responsável pela operação dos trens do metrô e do VLT que circulam por Paris. A francesa Régie Autonome des Transports Parisiens (RATP), referência mundial na operação de transportes públicos de massa como metrô, ônibus, VLT e trens urbanos em países como França, Itália, Inglaterra e Estados Unidos, integra grupo de empresas que compõe a concessionária. Os condutores terão acesso a treinamentos em vias de testes planejadas especialmente para o curso. Ao longo dos módulos práticos, eles conduzirão trens em operação na linha T3, que dispõe dos VLTs mais modernos em operação em Paris. Conduzindo veículos sem passageiros, treinarão ações rotineiras como aceleração e frenagem em trechos com travessia de pedestres e sistema de semáforos. De volta ao Brasil, os condutores passam por três semanas de treinamentos em São Paulo e no Rio. O curso de formação terá sete meses de duração. Fonte: Concessionária VLT Carioca/Porto Maravilha


Assista o teste do VLT Carioca na Praça Mauá


_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...