sexta-feira, 31 de março de 2017

Estação Incheon - Aeroporto Internacional

Existem várias maneiras de viajar do Aeroporto Internacional de Incheon para o centro de Seul. As formas mais populares incluem tomar o Airport Railroad Express (AREX), Metrô Metropolitano de Seul, ônibus de limusine do aeroporto e táxis. Entre estes, a ferrovia do aeroporto tem o benefício de evitar o tráfego nas estradas, permitindo que os turistas cheguem ao seu destino em um momento específico.


O Incheon Airport Trem Maglev, é um trem do tipo Maglev na Coreia do Sul, ele foi inaugurado em 3 de fevereiro de 2016. É a segunda linha Maglev do mundo comercialmente operarando. Os trens com design futurista graças ao peso bem mais leve e com custos de construção cortados a metade é rápido para fazer as conexões. Ele liga o Aeroporto Internacional de Incheon à Estação de Yongyu e Complexo de Lazer ao atravessar a ilha de Yeongjong. A linha não é considerada parte do metrô metropolitano de Seoul, é possível realizar a transferência para o AREX do Metro Metropolitano de Seul na Estação do Aeroporto Internacional de Incheon. Fonte: Seul News


terça-feira, 28 de março de 2017

Locomotiva com propulsão Elétrica e Diesel ALP-45DP Bombardier

A locomotiva de passageiros elétrica / diesel ALP-45DP em massa dupla da empresa canadense Bombardier para o NJ Transit e as agências de transporte AMT da cidade de Montreal, estavam em exibição. A locomotiva é um derivado da locomotiva elétrica ALP 46, mas equipado com dois motores diesel Caterpillar V-12 que fornecem o poder de propulsão para os motores de tração quando a locomotiva opera além de trilhos eletrificados.


Com 132 toneladas métricas de peso (145 toneladas) em apenas quatro eixos, a locomotiva monstro apresentou algumas dificuldades logísticas com sua viagem de Kassel, onde foi montada, para Berlim, uma vez que relativamente poucas linhas ferroviárias na Alemanha e no resto da Europa são Avaliado para 30 toneladas métricas por eixo, muito menos 35 toneladas, que é quase o que esta besta pesa. Mais típico em toda a Europa é de 25 toneladas por capacidade de eixo. Acredita-se que o ALP-45D seja a primeira vez que a série produziu uma locomotiva de modo duplo que pode operar a partir de eletrificação ferroviária de alta tensão AC. Fonte: Bombardier  Veja mais postagens no início do site.




Metrô de Tóquio 290 Estações

A quantidade de passageiros que transporta o metrô de Tóquio num ano é de 3,2 bilhões de pessoas, número bastante próximo ao de Pequim. No entanto, ao revisar outros números do sistema japonês, é possível notar que possui mais estações que o chinês, 290 especificamente, mas menos linhas (13) e menos quilômetros de vias (310 km).


Como a maioria dos sistemas selecionados, o de Tóquio também não possui serviço 24 horas. No entanto, seu horário parte das 5:00 da manhã, até 1:00 da manhã do dia seguinte. Nas horas pico os trens passam por cada estação a cada 3 minutos. Nos horários com menos demanda, a cada 10 minutos.

O valor da passagem desse sistema de metrô está estruturado dependendo das distâncias que percorre. Assim, o trajeto mais curto que se pode fazer vai de 1 a 6 km, o que custa 160 ienes, ou U$ 1,33. O maior percurso, de 28 a 40 km, sai por U$ 2,50. 

No entanto, pode-se comprar um ticket diário para cada uma de suas duas redes, Metro Tokio e Toei. Também existe a opção de comprar um bilhete diário para as duas redes, que custa U$ 8,32. Fonte: Archdaily. Veja mais postagens no início do site.



sábado, 25 de março de 2017

Volta ao Mundo de Trem partirá de Paris em 2017

Quando Julio Verne escreveu o livro “A Volta ao Mundo em 80 dias“ em 1873 com certeza não pensou que viajar por diversos países ao redor do globo se tornaria o desejo de muitas pessoas. Em um mundo que cada vez mais as distâncias se encurtam através de rápidos e modernos voos, é com imenso orgulho que o Grupo TT Travel apresenta a “Volta ao Mundo de Trem 2017”.


A presente proposta é realizar uma viagem inédita transcontinental e em sua grande parte por terra, a bordo de um dos mais antigos e tradicionais meios de locomoção, que não por coincidência é a nossa paixão e especialidade: Os trens!

Percorrendo 16.000 quilômetros sobre trilhos e por diversos países em vinte e seis dias, desde a querida Paris, passaremos pela imponente Moscou e atravessaremos a fronteira geográfica da Europa com a Ásia pelos Montes Urais, através da Sibéria até chegar em Pequim. Em sequência cruzaremos o oceano em voo até o Canadá, país que trilharemos de ponta a ponta, dos jardins de Vancouver e pelas impressionantes Montanhas Rochosas, onde finalizamos esta jornada que certamente marcará sua vida.

Uma viagem de sonho, um convite à imersão nas culturas locais, através da gastronomia, arte, história, música e arquitetura de cada canto visitado, desfrutando da experiência única que uma “Volta ao Mundo” proporciona, ao alcance dos nossos cinco sentidos, através das janelas de um trem.

Dessa forma, atendendo aos viajantes que anseiam explorar cada pedaço deste maravilhoso mundo, o Grupo TT Travel projeta uma viagem épica em 2017, que realizará as ambições dos mais intrépidos desbravadores. A viagem começará em 29 de agosto de 2017. Fonte: Grupo TT Travel/Volta ao Mundo de Trem

quinta-feira, 23 de março de 2017

O metrô mais extenso do mundo - Nova York

Com 1.062 quilômetros de vias, o metrô de Nova York é, de longe, o mais extenso do mundo. De fato, seu comprimento representa mais que o dobro do segundo maior sistema do planeta, o de Pequim (China), com 465 quilômetros. 


Em sua extensão, o metrô de Nova York conta com 24 linhas e 468 estações, cifras que lhe outorgam o título de maior rede do mundo. Além disso, destaca-se mundialmente como sendo o único que se mantem aberto durante 24 horas, com frequência de trens de 2 a 5 minutos nas horas pico (de 6:30 a 9:30 e de 15:30 a 20:00 horas) e de 10 minutos nos horários com menos passageiros.

Aliado a isso, somente em 2014 transportou 1,75 bilhões de passageiros, um número que se relaciona com o fato de essa ser a cidade mais caminhável dos Estados Unidos. Viajar nesse metrô custa U$ 2,75 por passagem. Fonte: NYT/Bombardier


quarta-feira, 22 de março de 2017

Passageiros do metrô poderão viajar direto da Tijuca à Barra

Passageiros poderão ir direto da Tijuca à Barra da Tijuca a partir do próximo sábado. Atualmente, é preciso descer na estação General Osório, em Ipanema, para fazer a transferência para a Linha 4. De acordo com o MetrôRio, a mudança reduzirá o tempo de viagem dos usuários em nove minutos.

A concessionária destacou também que as pessoas que saírem da estação Jardim Oceânico até o Centro levarão apenas 30 minutos de percurso. Com a interligação concluída, os intervalos entre os trens serão reduzidos para 4 minutos e 30 segundos nos horários de maior movimento de passageiros, dois minutos a menos do que o praticado até então na Linha 4. Fonte O Dia Foto: Divulgação




terça-feira, 21 de março de 2017

Estação de Metrô de Toledo em Nápoles - Itália

Inaugurado em 2012, a estação de metrô de Toledo em Nápoles na Itália, totalmente futurista foi desenhada pelo arquiteto catalão, ex-amigo de Salvador Dalí, Oscar Tusquets. A instalação foi realizada com pequenos quadrados de mosaico azul e branco que simboliza uma subida ao sétimo céu, usando escadas rolantes. Fonte: New York Times © DR





domingo, 19 de março de 2017

A importância da manutenção e suas inovações

Forte interesse pelas vantagens do APT 1500 R Robô de solda ferroviário totalmente automático. Os representantes presentes dos departamentos de soldagem de DB-Netz e DB-Bahnbaugruppe mostraram um total de 66 soldas de alta qualidade. 


O robô atuou em uma seção de 5,8 km de comprimento, enquanto equalizou a temperatura ao mesmo tempo. Um total de 52 soldas ferroviárias e 14 soldas de encerramento foram realizadas. A solda de fechamento é uma característica firme do robô de solda recém desenvolvido. O trilho de dispositivo de tracção com uma força de tracção de 1500 kN está integrado na cabeça de soldadura da APT 1500 RA.

O robô de solda trabalha de forma totalmente automática, sem intervenção manual. Os trilhos a serem soldados são levantados automaticamente para a cabeça de soldadura, colocado em posição com a ajuda da centragem automática de altura e funcionando de alinhamento da borda. Todo o processo de soldagem é supervisionada constantemente por um sistema de medições especiais. Fonte: DB



quinta-feira, 16 de março de 2017

Trens da Talgo em operação na Rússia

O primeiro dos sete trens Talgo da Federal Passenger Co foi inaugurado na época pelo presidente Vladimir Yakunin e pelo presidente da Talgo, Carlio de Palacio, com uma cerimônia na estação de Kurskaya, em Moscovo. O primeiro serviço operado pela Talgo era de Moscow a Nizhny Novgorod. O lançamento marcou "o culminar de 20 anos de trabalho e negociações", de acordo com Guillermo Martinez, diretor-gerente da Talgo na Rússia, que disse que "podemos finalmente ver a tecnologia espanhola em todo o país, um marco muito importante para a Rússia e Espanha. As composições foram pintadas nas cores da bandeira russa têm inclinação passiva e correm até 200 km/h, dando um tempo de viagem de 3 h 35 min para a rota de 440 km. Fonte: Global Business



terça-feira, 14 de março de 2017

Primeiro trem do mundo movido a hidrogênio - Coradia iLint - Alstom

A Alstom realizou com êxito o primeiro teste a 80 km/h, o único trem de passageiros movido com célula de combustível de hidrogênio com o Coradia iLint, no seu próprio circuito de testes em Salzgitter, na Baixa Saxónia, Alemanha. Uma extensa campanha de testes será realizada na Alemanha e na República Tcheca nos próximos meses antes de a Coradia iLint realizar suas primeiras provas de passageiros na rota Buxtehude-Bremervörde-Bremerhaven-Cuxhaven, Alemanha à partir de 2018. 


Os ensaios de quatro semanas atualmente em curso em Salzgitter visam confirmar a estabilidade do sistema de fornecimento de energia com base na interação coordenada entre a unidade, a célula de combustível e a bateria do veículo. A potência de frenagem também está sendo testada para verificar a interface entre o freio pneumático e o freio elétrico. 

O iLint Coradia é o primeiro trem de passageiros de piso baixo no mundo alimentado por uma célula de combustível de hidrogênio, que produz energia elétrica para a tração. Este comboio de emissão zero é silencioso e só emite vapor e água condensada. A Coradia iLint é especial por sua combinação de diferentes elementos inovadores: uma conversão de energia limpa, armazenamento de energia flexível em baterias e uma gestão inteligente da potência de tração e energia disponível. Baseado no trem diesel Coradia Lint da Alstom, o Coradia iLint é particularmente adequado para operação em redes não eletrificadas. Permite a operação sustentável do trem enquanto mantém o alto desempenho do trem. 

"Este teste é um marco significativo na proteção ambiental e na inovação técnica. Com a Coradia iLint e sua tecnologia de células de combustível, a Alstom é o primeiro fabricante ferroviário a oferecer uma alternativa de emissão zero para trens de transporte coletivo. Hoje, o nosso novo sistema de tração, até agora comprovado com sucesso no anel de ensaio, é utilizado em um trem pela primeira vez - um passo importante para uma mobilidade mais limpa na Europa ", disse Didier Pfleger, Vice-Presidente da Alstom Alemanha e Áustria. Fonte: Alstom

video


quinta-feira, 9 de março de 2017

Revitalização da Union Station - Toronto

A revitalização da Union Station está em pleno andamento e é difícil perder as melhorias. A beleza do edifício histórico restaurado, paralelamente ao trabalho que estamos fazendo, a cidade de Toronto está empreendendo um grande projeto de revitalização.

Nosso objetivo neste extenso plano de revitalização de vários anos é colocá-lo em primeiro lugar na melhoria do serviço ao cliente, para fazer isso, estamos organizando a construção em fases para minimizar as interrupções de serviço e inconvenientes para os usuários. Fonte: Gotransit



quinta-feira, 2 de março de 2017

Time Lapse do Novo VLT Citadis da Alstom

Light Rail de Sydney sendo montado na fábrica da Alstom de La Rochelle, França. A cidade de Sydney vai ser uma das primeiras cidades do mundo a receber a nova geração dos Citadis. Estamos muito animados para trazer novos veículos para o CBD & South East Light Rail. A Construção dos Citadis está em curso na França, com o primeiro dos 30 VLT`s que serão encaminhados para chegar na Austrália no final deste ano. Fonte Alstom


video


_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...