sábado, 29 de abril de 2017

O primeiro trem com mercadorias entre a Inglaterra e a China chegou ao gigante asiático

O primeiro trem com mercadorias entre a Inglaterra e a China chegou ao gigante asiático no sábado, 29, depois de um percurso de quase três semanas, lembrando as viagens das velhas expedições comerciais da Rota da Seda.

O comboio partiu em 10 de abril do porto de Stanford-le-Hope, no estuário do Rio Tâmisa, em direção a Yiwu, cidade com 2 milhões de habitantes na costa oriental da China. O trem transportou whisky, refrigerantes, produtos infantis e medicamentos voltados para o mercado chinês.


O trem cruzou a França, Bélgica, Alemanha, Polônia, Bielorússia, Rússia e Casaquistão. Com mais de doze mil quilômetros, a rota Londres-Yiwu é a segunda maior do mundo, atrás do percurso China-Madri, inaugurado em 2014. Em 2016, foi iniciada a rota que parte de Lyon, no centro-oeste francês. 

Londres é a 15ª cidade da Europa com conexão ferroviária para a China. O transporte por esse meio é mais barato que o aéreo e mais rápido que o marítimo, que leva em geral 30 dias. Por isso, há perspectivas de exportações de produtos agroalimentares para a China.

Nova rota da seda. Essas conexões ferroviárias fazem parte das "novas rotas da seda", iniciativa lançada em 2013 pelo presidente chinês Xi Jinping com o objetivo de fortalecer as relações da China com a Europa Ocidental. As conexões ferroviárias transcontinentais entre China e Europa já existem há dez anos. Fonte: Reuters






Elon Musk revela projeto, uma espécie de metrô para carros

As imagens mostram como os veículos desceriam para os túneis subterrâneos, e ainda indica que as viagens poderiam ser de até 200 quilômetros por hora. O conceito lembra uma espécie de "metrô" para carros, onde os veículos são levados de forma autônoma e com segurança.


Nesta sexta-feira, 28, Musk finalmente deu detalhes sobre o projeto em que a The Boring Company está trabalhando. O plano da empresa é desenvolver uma rede de túneis subterrâneos capaz de transportar carros a altas velocidades, sem que os motoristas precisem dirigir.

Elon Musk é um bilionário sul-africano que fez fortuna nos Estados Unidos, graças a empresas como PayPal, SpaceX e Tesla. O empreendedor já foi citado como o "Tony Stark da vida real", em referência ao personagem dos quadrinhos que é também o Homem de Ferro, graças ao seu dinheiro e investimentos em tecnologia de ponta.



A mais nova aposta de Elon Musk é a The Boring Company, empresa cujo nome, em tradução literal, é algo como "a empresa chata". O bilionário vem falando a respeito do mais novo empreendimento há algum tempo, com a promessa de que ela poderia "acabar com congestionamentos". Fonte: Olhar Digital
_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...