quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Trem Expresso Pai da Aviação

Com sede na cidade de Juiz de Fora em Minas Gerais, a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Oscip Amigos do Trem está recuperando o material rodante Litorina Budd um trem automotriz para testes inicias, já foram realizadas várias etapas de manutenção, limpeza e pinturas entre outros procedimentos.

A Oscip trabalha na montagem do Projeto Expresso Pai da Aviação na cidade de Santos Dumont. Uma parceria do Sr. Geovane Martins, Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Econômico de Santos Dumont e a Oscip Amigos do Trem.

    

Com o projeto autorizado pela ANTT, o Trem Expresso Pai da Aviação percorrerá as cidades de Matias Barbosa, Juiz de Fora, Ewbank da Câmara, Santos Dumont, Antonio Carlos e Barbacena no estado de Minas Gerais um percurso de 125 km.

      

domingo, 28 de agosto de 2011

Dentro de 3 meses trem de passageiros deve voltar a circular em Santos Dumont

Em três meses, o município de Santos Dumont deve contar com um trecho experimental de quatro quilômetros do projeto para o retorno do trem de passageiros na região. A informação foi divulgada pelo Movimento Nacional Amigos do Trem. A composição, uma Litorina Budd autopropulsada com capacidade para 80 passageiros, inicialmente vai circular entre a estação central da cidade e a oficina de manutenção.



A proposta é que o transportes de passageiros volte a ser feito entre as cidades de Matias Barbosa, Juiz de Fora, Ewbanck da Câmara, Santos Dumont, Antônio Carlos e Barbacena. A primeira etapa foi definida em parceria entre a Oscip Amigos do Trem, a prefeitura e a Agência de Desenvolvimento de Santos Dumont. A intenção é desenvolver atividades culturais e sociais com a finalidade de impulsionar o turismo na cidade.

sábado, 27 de agosto de 2011

Expresso Pai da Aviação

Com sede na cidade de Juiz de Fora em Minas Gerais, a Organização da Sociedade Civil de Interesse Público Oscip Amigos do Trem utilizará o material rodante Litorina Budd um trem automotriz.
A Oscip trabalha na montagem do Projeto Expresso Pai da Aviação na cidade de Santos Dumont. Uma parceria do Sr. Geovane Martins, Secretário de Agricultura e Desenvolvimento Econômico de Santos Duomont e a OSCIP Amigos do Trem.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Metrô do Rio de Janeiro atravessará a Baía de Guanabara

Como no Canal da Mancha o Metrô ligará a cidade do Rio de Janeiro a cidade de Niterói, será construído um túnel similar ao Eurotúnel.


Está aprovado, em breve irá começar a linha 3 do metrô, interligando as cidades de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí com a capital do Rio de Janeiro. O metrô irá partir da estação da Carioca no centro do Rio de Janeiro e chegará até Itaboraí, passando por São Gonçalo, Alcântara, bairros Antonina, Zé Garoto, Mauá, Neves, Campus da UFF, entre outros locais, assista o vídeo e confira toda a matéria.



Trem de Machu Picchu

Machu Picchu, cidade ao sul do Peru, comemorou no último dia 24 de julho o seu centenário de redescoberta. A cidade Inca foi abandonada com a extinção do povo Inca, durante o processo de colonização e, diferente de outros pontos, não foi explorada pelos espanhóis. Foi tomada pela selva e reapresentada ao mundo em 1911. 

VNews partiu de Ollantaytambo, distrito situado próximo à Cusco, para Machu Picchu em uma viagem de trem, que dura cerca de 1 hora e meia até a pequena cidade de Águas Calientes, vizinha à Machu Picchu.

O trem que é um avião...

O trem que vai de Cusco até Águas Calientes é algo fora de série. Se você já andou em trens turísticos brasileiros, esqueça qualquer referência. Não há como se comparar. No caso da PeruRail, trata-se de uma empresa britânica que disponibiliza diferentes serviços para o turista. As tarifas giram em torno de US$ 30,00. 


Existem alguns serviços oferecidos pela empresa. Na ida, o executivo, com poltronas confortáveis e janelas de visão panorâmica, além de aberturas com vidros no teto, para que o visitante aprecie a paisagem. Os vagões dispõem de ar condicionado e o serviço de bordo oferece refrigerante e salgadinhos - já inclusos na tarifa. Bebidas alcoólicas são cobradas a parte.

Na volta embarquei em um super executivo, onde foi servido jantar durante um número de humor. Em seguida ainda foram apresentados produtos comercializados pela empresa - roupas, lembranças e acessórios - em um desfile de moda, digamos, improvisado. Tudo em sintonia com um ótimo serviço de som nos vagões e uma linda visão do Vale Sagrado Inca, que é o trajeto do trem.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Feira Negócios nos Trilhos 2011

Uma ótima oportunidade para conhecer de perto lançamentos, novas tecnologias metroferroviárias, expositores de peso estarão presentes.

A Feira Negócios nos Trilhos vai ser realizada este ano de 2011 entre 08 e 10 de novembro, no Pavilhão Vermelho do Expo Center Norte, em São Paulo. Mais uma vez o evento reunirá fabricantes de material ferroviário do Brasil e do exterior, operadores de ferrovias, metrôs e trens metropolitanos, técnicos do governo, empresas de logística e clientes de carga.

A 13ª edição contou com a presença de mais de 7.000 mil profissionais, que visitaram 162 empresas de diversos países presentes nos stands (ver relação em Expositores): África do Sul, Alemanha, Bélgica, Canadá, China, Estados Unidos, Espanha, França, Itália, Japão, Polônia, Reino Unido, Suécia, Suíça, além do Brasil. A área de exposição cobriu 14 mil m², excedendo o espaço originalmente previsto e levando à utilização de um segundo pavilhão. A Feira Negócios nos Trilhos tem a particularidade de reunir os fabricantes e seus clientes, que expõem e fazem negócios durante a feira. No ano passado todas as operadoras de carga estiveram presentes no stand da Associação Nacional de Transportadores Ferroviários – ANTF: Vale, MRS, ALL, Transnordestina, Teresa Cristina e FCA. Em stand separado encontravam-se as duas principais operadoras de passageiros – Metrô de São Paulo e CPTM.

Em paralelo à Feira, foram realizados o Seminário Negócios nos Trilhos e as apresentações técnicas de três prêmios de tecnologia: o VIII Prêmio AmstedMaxion de Tecnologia Ferroviária, o VII Prêmio Alstom de Tecnologia Metroferroviária e o II Prêmio EDLP de Produtividade do Cliente Ferroviário.

Para credenciamento de visitantes acesse Revista Ferroviária. 
http://www.credenciamento.com.br/2011/VisitanteNegociosTrilhos/Visao/CLT_Identificacao.aspx

domingo, 21 de agosto de 2011

Projeto Bombardier Monotrilho VLT para o Rio de Janeiro

A Bombardier apresenta estudo de monotrilho para o Rio de Janeiro, este modal alimentará os demais meios de transportes da Zona Oeste. O estudo propõe duas linhas de monotrilho, com 31,4 km de extensão total, que fazem a integração com os outros modais: metrô e BRTs TransOeste, TransCarioca e TransOlímpica.


A linha denominada Circuito Azul começa com uma integração modal com a Estação Jardim Oceânica do metrô e vai até o Recreio Shopping. São 18 estações em 18,9 km de extensão, sendo monotrilho interligado com a TransOeste a partir da Alvorada. No Circuito Vermelho o monotrilho faz a integração modal com a TransCarioca, na Alvorada, e, com a TransOlímpica, na Av.Salvador Allende. São 09 estações em 12,5 km. Um grande diferencial é que este modal sobre trilhos é elétrico não poluente. Fonte: Divulgação





sábado, 20 de agosto de 2011

Espanhola CAF - Armazenamento de energia

A multinacional espanhola Construcciones y Auxiliar de Ferrocarriles (CAF), que recentemente abriu uma fábrica na cidade de Hortolândia, a 116 km de São Paulo, entregou na semana passada o primeiro trem de produção genuinamente brasileira para o Metrô de São Paulo. E nesta semana, a CPTM receberá o seu primeiro trem produzido pela CAF em Hortolândia.


Com VLT, a CAF inova método de armazenagem de energia em baterias estrategicamente posicionadas nos VLT's a CAF demonstra tecnologia de ponta, o VLT não precisa captar energia em todo seu percurso ele capta a energia por 20 segundos nas paradas ou estações, o pantógrafo é levantado e capta energia da catenária,  no restante do percurso ele é impulsionado pela reserva de energia das baterias e também da energia dos freios convertidas.

A inovação permite economia na instalação de cabos, estruturas e ainda contribuí para o paisagismo pois somente nas estações e paradas que o VLT necessita captar sua energia.



quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Alstom Trem Bala recorde de velocidade

Existem no Mundo várias empresas especializadas em transporte de alta velocidade sobre trilhos, na minha opinião a Alstom Francesa tem todos os atributos para concorrer e vencer.
A Alstom com AGV (Automotriz de Grande Velocidade) atinge a velocidade de 574.8 KM/h repare na imagem aérea quem faz a tomada para o documentário é um avião a jato, capaz de atingir tamanha velocidade.

A Alstom mais uma vez inova na questão segurança, repare que o truque trabalha com dois carros ao invés de um, esta iniciativa entre outras evita o efeito sanfona em caso de acidente.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Aeromóvel começa a ganhar forma na capital gaúcha

Por volta das 12h40min de ontem, o ministro das Cidades, Mário Negromonte, acionou a primeira perfuratriz que vai trabalhar na construção da via elevada do aeromóvel. A expectativa é que até o final do ano a estrutura e a instalação dos trilhos estejam prontas, para que os primeiros testes possam ser feitos já no início de 2012.


O aeromóvel percorrerá uma distância de 998 metros, entre a estação Aeroporto do Trensurb e o terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho, usando um sistema de veículos leves, não tripulados, que se moverão com propulsão pneumática. Neste sistema, o ar é soprado por ventiladores centrífugos industriais de alta eficiência energética através de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma aleta e o trem se movimenta sobre rodas de aço, apoiadas em trilhos guia.

Em seu discurso, na solenidade que antecedeu o começo oficial da obra, Negromonte afirmou que o conjunto de soluções incluído no projeto de construção do aeromóvel foi decisivo para a aprovação e a liberação dos recursos que somam quase R$ 30 milhões. “Devemos comemorar o uso de uma tecnologia genuinamente gaúcha, que vai permitir que a integração com outros modais viários seja feita com uma tarifa baixa e não subsidiada”, destacou ele. O trajeto do aeromóvel deve ser feito em 90 segundos.

Dois veículos irão operar o trecho, um com capacidade para 150 passageiros e outro com espaço para 300. Segundo os cálculos da Trensurb, o sistema atenderá a um fluxo de 7 mil passageiros por dia e não terá custo adicional para a integração com o trem metropolitano.

O diretor-presidente da Trensurb, Humberto Kasper, ressaltou a economia de energia representada pela adoção do aeromóvel. Segundo ele, o veículo em construção demanda 32 watts por hora para transportar cada passageiro. Os ônibus usam 80 watts, os trens elétricos, 108 watts, e os automóveis, 198 watts. “Temos, ainda, o baixo custo de implantação, estimado em US$ 18 milhões por quilômetro, isso deve fazer com que a obra em Porto Alegre sirva de modelo para muitos outros lugares do mundo”, disse.

Kasper detalhou, ainda, que as obras dentro da estação Aeroporto já começaram e que os pilares pré-moldados também já estão prontos, o que tornará a execução muito rápida. “Provavelmente essa será a primeira obra do PAC relacionada à Copa do Mundo a ser concluída na Capital”, observou.
O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, ressaltou que a obra foi apontada, junto à construção do metrô, como fundamental para a preparação da cidade como sede da Copa do Mundo de 2014. A tecnologia que será usada no aeromóvel foi desenvolvida pela empresa gaúcha Coester, um aprimoramento da ideia que surgiu na década de 1960. Fonte: Aeromóvel

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Aeromóvel de Porto Alegre

Trensurb abre concorrência de estações do Aeromóvel

Na próxima sexta-feira, 12, às 10h, ocorre a entrega e abertura das propostas para a construção das estações da linha do Aeromóvel, que fará a ligação entre a Estação Aeroporto da Trensurb e o Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O vencedor deve ser conhecido no dia 19 de agosto.
A concorrência será do tipo menor preço, com valor estimado em R$ 2,4 milhões. O contrato irá compreender a execução das obras civis e instalação de duas estações de passageiros, além de serviços como terraplanagem, estruturas, alvenarias, revestimentos, instalações elétricas e hidrossanitárias, pinturas e paisagismo.


domingo, 7 de agosto de 2011

Viagem no tempo, trens antigos e mais modernos da Itália

Trens do passado e trens de hoje na Itália

1900 vapore: 126 km/h
1901 si sperimenta la trazione elettrica trifase
1930 Milano - Venezia: 130 km/h
1933 trazione elettrica continua
1939 ETR 212: 203 km/h (è record)
1950 ETR 300 "Settebello": 200 km/h
1968 E444 "Tartaruga": 200 km/h
1976 ETR 401 "Pendolino" 250 km/h
1989 ETR X500: 317 km/h (record ufficiale)
2005 ETR 500: 348,4 km/h
2008 ETR 500: 355 km/h
2009 Frecciarossa: 362 km/h (record mondo in galleria)

Aeromóvel de Nova Iguaçu/RJ

O Aeromóvel de Nova Iguaçu vai facilitar o deslocamento da população, ligará o Aeródromo estratégico aeroporto da cidade aos trens da Supervia.
Importante modalidade do segumento em ampla expansão no Brasil, projeto nacional que já provou ser um transporte seguro inovador, utiliza energia elétrica em seus motores que ficam estrategicamente posicionados ao longo do percurso. Estes motores elétricos podem ser alimentados por energia solar, limpa e renovável.
O aeromóvel pode ser construído em vias elevadas que necessitam de pouco espaço para suas pilastras, podem ser no nível da rua como a maioria dos VLT's e também subterrâneo como os metrôs.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Aeromóvel de Porto Alegre

Fundada em novembro de 1997, a T´TRANS atua no segmento metroferroviário realizando serviços nas áreas de Energia, Sinalização e Controle, Telecomunicações, Sistemas Auxiliares, Bilhetagem Eletrônica e Material Rodante, construirá os trens do Aeromóvel de Porto Alegre.
Tecnologia nacional, o Aeromóvel promete uma revolução na modalidade de VLT.


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Construção Via Permanente

Nos dias de hoje, podemos construir a via permanente ferroviária com equipamentos de alta capacidade, podendo avançar rapidamente a construção e manutenção de uma via. Acredito que na construção do nosso Trem Bala utilizaremos esta tecnologia.

O automatismo gera grande capacidade de construção e em tempo reduzido, as implantações ferroviárias dependem das inovações tecnológicas para crescer no seguimento.

Sobre o nosso Trem de Alta Velocidade acesse: www.tavtrilhos.com