terça-feira, 30 de julho de 2013

Acidente com trem na Espanha

Francisco José Garzón Amo, maquinista do trem que descarrilou próximo à estação da capital galega na última quarta-feira, reconheceu perante o juiz Luis Aláez que na noite do acidente estava distraído a ponto de nem sequer saber onde se encontrava.

Fontes próximas ao caso informaram à agência EFE que o maquinista do trem, acusado pelo homicídio de 79 mortos e por vários delitos de lesão corporal, todos cometidos por imprudência profissional, reconheceu que estava mais do que o dobro da velocidade permitida na curva de La Grandeira, cujo limite é de 80 km/h.

O maquinista afirmou também que não havia percebido que já se aproximava deste ponto do percurso e, quando tentou frear, já era demais tarde.Amo testemunhou ontem durante cerca de duas horas e concordou que não houve falha técnica e nem problemas nas condições do veículo ou dos trilhos, mas sim um "erro humano", uma distração.

Fonte: EFE e Terra

quinta-feira, 18 de julho de 2013

EPL classifica consórcio para a fase de habilitação do TAV

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) anunciou, nesta terça-feira (16/7), o nome do consórcio classificado para a próxima fase da licitação que irá definir a gerenciadora e integradora dos trabalhos das empresas responsáveis pelo projeto executivo do Trem de Alta Velocidade (TAV).

Após análise de oito propostas por preço e técnica pelo RDC Presencial 003/2013, a comissão de licitação da EPL classificou o consórcio Geodata Italferr, formado pelas empresas Geodata do Brasil, Geodata Engineering e Italferr.


A fase de habilitação será no dia 18 de julho, às 9h30 da manhã, na sede da EPL. O resultado da análise da documentação será publicada no Diário Oficial da União, em data a ser definida.

O projeto executivo da Estrada de Ferro EF-222, que tem 511 quilômetros e liga as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, será segmentado para a contratação de várias empresas projetistas. A empresa gerenciadora acompanhará o desenvolvimento dos projetos executivos de engenharia, como túneis, pontes, via permanente, estações, pátios de manutenção e de estacionamento, que serão desenvolvidos pelas empresas contratadas. Fonte: EPL

terça-feira, 9 de julho de 2013

Transporte ferroviário de passageiros - Valores Agregados

Valores agregados com a utilização do transporte ferroviário de passageiros:

1- Diminuição significativa das mortes e feridos nas estradas, consequentemente, diminuição com gastos dos hospitais, remédios, tratamentos e aposentadoria precoce por invalidez. 

2- Com a diminuição de gastos com os acidentes, os governos poderão investir em outras áreas prioritárias;

3- Diminuição na emissão de CO2, melhorando a qualidade do ar, contribuindo com a saúde e a camada de ozônio;

4- Mais tempo para passar com a família, pois o transporte ferroviário é mais rápido e não fica preso em engarrafamentos;

5- Mais tempo para o lazer;

6- Valorização das cidades, aumento do turismo, aumento nos empregos, aquecimento da economia;

7- Diminuição dos gargalos nos portos e aeroportos, aumentando a competitividade. (Cargas)