terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Estrada de Ferro Carajás, possui o trem de carga mais longo do mundo

O canal pago Discovery Channel exibiu no mês de dezembro um episódio do programa Countdown to Colision sobre a Estrada de Ferro Carajás, que possui o trem de carga mais longo do mundo.

O trem sai da mina de Carajás, no Norte do Brasil, e atravessa mais de 900 quilômetros de floresta remota e pastagens até o porto de São Luís (MA), transportando minério de ferro destinado à China.

Fonte: Discovery Channel
O programa seguiu a equipe de trabalhadores ferroviários enquanto correm contra o relógio para conseguir o fazer com que o enorme de três quilômetros chegue ao porto na hora certa.

Em um silo gigante, os trabalhadores usam um engenhoso sistema de pesagem para carregar o minério nos 330 vagões, ainda em movimento.

O maquinista utiliza sinais de rádio para coordenar as quatro locomotivas espalhadas ao longo do trem, para subir a colina da ferrovia. Para descarregar as suas 30.000 toneladas de minério, um virador rotativo vira os vagões de cabeça pra baixo, descarregando o minério que será exportado.

A Coreia do Sul começou a testar trens alimentados por eletricidade sem fios

O Fórum Econômico Mundial anunciou sua lista das 10 principais tendências tecnológicas que prometem decolar e levar junto a quase paralisada economia mundial. Segundo a entidade, essas tecnologias poderão ajudar a alcançar um crescimento econômico sustentável nas próximas décadas, conforme continuam a crescer a população global e, por decorrência, as demandas materiais sobre o meio ambiente. A seleção das tecnologias levou em conta a possibilidade de avanços no desenvolvimento industrial e econômico, e a possibilidade de implantação industrial a curto e médio prazo.


A Coreia do Sul começou a testar trens alimentados por eletricidade sem fios. As Tecnologias de eletricidade sem fio já conseguem fornecer eletricidade para veículos em movimento.
Na próxima geração de carros elétricos, conjuntos de bobinas de captação sob o assoalho do veículo vão receber a energia remotamente através de um campo eletromagnético de transmissão gerado por cabos instalados sob a estrada.

A corrente elétrica sem fios também recarrega uma bateria utilizada para alimentar o veículo quando ele está fora das redes de suprimento ou circulando por vias que ainda não contam com a infraestrutura.

Como a eletricidade é fornecida externamente, esses veículos precisam de uma bateria com apenas um quinto da capacidade da bateria de um carro elétrico atual.

Os sistemas de eletricidade sem fios já podem alcançar uma eficiência de transmissão de mais de 80%. Veículos online elétricos já estão em testes de estrada em Seul, na Coreia do Sul. Fonte Inovações Tecnológicas. Fonte: Coreia Online Imagem: Kaist