Postagens

Mostrando postagens de Junho 3, 2017

Estudo para implantação de VLP entre Lousã e Coimbra

Imagem
O investimento previsto para o denominado “sistema metrobus”, que deverá operar no canal do ramal ferroviário da Lousã e na cidade de Coimbra, oscila entre os 95 e os 110 milhões de euros, incluindo a frota de autocarros (híbridos, com propulsão elétrica ou a gás natural comprimido), segundo o documento – a que a agência Lusa teve acesso – que será apresentado, a partir das 09:30, em Lousã, Miranda do Corvo e Coimbra. Encomendado pelo Governo, através da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), ao Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), o estudo rejeita a reposição do comboio no Ramal da Lousã, ao contrário do recomendado pela Assembleia da República em diferentes resoluções aprovadas em fevereiro. Apesar de o LNEC manter para o novo projeto a designação “Sistema de Mobilidade do Mondego”, com a sigla SMM, adotada em 2006 pelo primeiro Governo de José Sócrates, quando Mário Lino era ministro da tutela, é agora abandonada uma solução de