quinta-feira, 31 de maio de 2018

Lyon Saint Exupery - TGV França

Projetada pelo Arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a estação de Lyon na França, com 5.600 metros quadrados se assemelha a um pássaro no momento da fuga e é vista como uma porta de entrada simbólica para a região de Lyon.


A armação em aço atinge quase 40 metros de altura e sua estrutura de concreto refere-se à metáfora de um enorme pássaro com asas espalhadas. Chegando de carro você entra no salão principal através de um "Portal", formado por um pilar de concreto em forma de V que se juntam as extremidades de quatro arcos em aço.

O par do centro de arcos segue a linha do telhado para formar uma espinha, as vigas curvas exteriores abrangem mais de duas asas simétricas envidraçadas. No triangular salão principal da coluna central é formada por três arcos apoiados em conjunto por vigas diagonais. Duas grandes varandas suspensas penetram no espaço. Fonte: Alstom


Veículos para manutenção de trilhos em clima severo

A boa manutenção dos trilhos é fundamental para o bom funcionamento de uma linha férrea. De fato, quando um trilho está obstruído os trens correm perigo, por isso, os materiais depositados devem ser removidos: os veículos ferroviários Tesmec foram projetados para enfrentar estes problemas.

A Tesmec projeta e produz veículos especiais ferroviários para fazer a manutenção dos trilhos de linhas férreas, bondes e metrôs, assim como veículos para a limpeza e remoção de obstruções e materiais - tais como neve, gelo e folhas - depositados no percurso dos trilhos.


Os veículos ferroviários de manutenção de trilhos da Tesmec são capazes de trabalhar também em baixas temperaturas e podem ser equipados com diversos itens opcionais para diferentes usos. Fonte: Tesmec


quarta-feira, 23 de maio de 2018

Metrô de Pequim trocará catracas por reconhecimento facial

As autoridades de transporte em Beijing estão trabalhando para facilitar os pagamentos no sistema de metrô da cidade, incluindo a tecnologia de reconhecimento facial, segundo informa o jornal Beijing Youth Daily. A tecnologia de reconhecimento facial, que reforçará as verificações de segurança, será provavelmente testada este ano, segundo a reportagem.


O sistema de pagamentos via código QR está já sendo aplicado em toda a rede de metrô em Beijing, permitindo aos passageiros acederem ao transporte via aplicativo de celular.

A utilização de um código QR é especialmente conveniente nas estações adjacentes à Estação Ferroviária de Beijing, onde os passageiros têm, por vezes, de esperar na fila por 30 minutos até conseguirem comprar um bilhete nas máquinas de venda automática. Fonte: CN China

Usuários “escaneiam” codigo QR para pagar passagem de metrô


sexta-feira, 4 de maio de 2018

Governo deve comprometer-se a investir em ligações ferroviárias de mercadorias para portos

As melhores conexões entre os portos ingleses podem impulsionar a economia do país, mostrou um novo estudo. O estudo da conectividade portuária da Inglaterra constatou que as ligações ferroviárias melhoradas poderiam proporcionar viagens de carga mais eficazes entre as principais áreas econômicas e portos, o que, por sua vez, aumentaria a produtividade, proporcionaria custos mais baixos e daria acesso aos mercados internacionais.

Os portos da Grã-Bretanha contribuem com £ 5,4 bilhões para a economia e o investimento governamental extensivo já está melhorando o acesso aos portos, com £ 235 milhões investidos entre 2014 e 2019 para melhorar as ligações ferroviárias. Fonte: Rail Technology Magazine




_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...