quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Plasser & Theurer SSP 110 SW

Plasser & Theurer é um dos principais fabricantes do mundo de máquinas de manutenção ferroviária. Plasser & Theurer produz máquinas individuais e conjuntos completos para todos os cinco continentes do mundo, também influenciam o desenvolvimento da tecnologia, especialmente agora, quando os critérios econômicos mais rigorosos determinam o tom e pressão, a concorrência é cada vez maior. 




Os benefícios da organização da empresa, com o seu pessoal altamente qualificados tornam-se visíveis. Enquanto o progresso está do nosso lado, todos os desafios podem ser enfrentados. Fonte: Plasser & Theurer

domingo, 28 de outubro de 2018

CP 162 anos - 28 de Outubro de 2018 - Portugal

O princípio do caminho de ferro em Portugal, inaugurado em 28 de outubro 1856, foi um dos mais importantes acontecimentos da época. Desde lá, muitos são os marcos que assinala na história dos transportes – de um projeto inicial para ligação ferroviária ao Porto e à fronteira de Badajoz, alçou-se numa verdadeira rede ferroviária, com ligações internas e externas, em muito contribuindo para o desenvolvimento do País e sua aproximação à Europa.


Inspire-se nos nossos roteiros e venha fazer parte da nossa História. Serviços CP: Comboios Urbanos de Lisboa | Comboios Urbanos do Porto | Comboios Urbanos de Coimbra 

A CP é uma entidade pública empresarial detida a 100% pelo Estado.

Como agente ativo da sociedade, a CP assume a responsabilidade de contribuir para o desenvolvimento econômico e para a coesão social do país e dos seus cidadãos, através de um bom desempenho da sua atividade comercial. Comemore os 162 anos, no aniversário dos Comboios em Portugal, em 28 de outubro de 2018.

Com cerca de 122 milhões (em 2017) de passageiros transportados por ano, a CP é uma das mais representativas empresas portuguesas e a maior empresa de transportes terrestres a operar em Portugal. Fonte: CP


sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Trem Funicular

O funicular de Chiaia liga a Piazza Amedeo à Via Cimarosa, em Vomero. Este funicular foi o primeiro a ser lançado em Nápoles, em 15 de outubro de 1889. No início, os dois motores estavam em funcionamento. Logo os motores acabou ficaram obsoletos para as viagens, por isso foi decidido prosseguir com a eletrificação de toda a planta e a instalação de novos motores elétricos. A nova fábrica foi inaugurada em 27 de fevereiro de 1900. Em 1976 começam as obras de modernização da fábrica. O Funicular reabriu ao público em 22 de setembro de 1977, mas o trabalho continuou até 2004, quando toda a usina voltou a funcionar após um cuidadoso e refinado restyling das estações e dos vagões.



terça-feira, 23 de outubro de 2018

APT 1500 R Robô de solda ferroviário totalmente automático

Os representantes presentes dos departamentos de soldagem de DB-Netz e DB-Bahnbaugruppe mostraram um total de 66 soldas de alta qualidade. O robô atuou em uma seção de 5,8 km de comprimento, enquanto equalizou a temperatura ao mesmo tempo. Um total de 52 soldas ferroviárias e 14 soldas de encerramento foram realizadas. A solda de fechamento é uma característica firme do robô de solda recém desenvolvido. O trilho de dispositivo de tracção com uma força de tração de 1500 kN está integrado na cabeça de soldadura da APT 1500 RA.


O robô de solda trabalha de forma totalmente automática, sem intervenção manual. Os trilhos a serem soldados são levantados automaticamente para a cabeça de soldadura, colocado em posição com a ajuda da centragem automática de altura e funcionando de alinhamento da borda. Todo o processo de soldagem é supervisionada constantemente por um sistema de medições especiais. Fonte: TrainsHigh






domingo, 21 de outubro de 2018

Stazione Reggio Mediopadana

Stazione Reggio Mediopadana é a única parada no serviço de trem de alta velocidade entre Milão e Bolonha. O planejamento e o desenvolvimento do projeto levaram em conta que a estação ferroviária servirá uma área muito maior do que apenas a cidade de Reggio Emilia, com o número de usuários potenciais estimados em 2 milhões.


O piso abaixo do nível da plataforma acomoda várias áreas de serviço da estação: uma área de passageiros com unidades comerciais relevantes, uma área de acesso a trens regionais e uma área com armazéns, depósitos e instalações sanitárias. Quatro escadas rolantes levam ao nível da plataforma em ambos os lados, enquanto dois elevadores panorâmicos estão localizados no meio da estrutura. Os impactos no ambiente e na paisagem foram mitigados pela criação de áreas verdes ao longo da linha ferroviária e da área de entrada da estação. Ao ajustar a grande área de estacionamento um pouco mais baixa - ligeiramente abaixo do nível do solo circundante - as coroas elevadas das árvores exibem os veículos de estacionamento, resultando em uma geometria de fachada não perturbada que pode ser percebida sem interrupção. Fonte: Divulgação

sábado, 13 de outubro de 2018

Primeira Linha de Metrô em Paris Inaugurada em 1900

Em 19 de julho de 1900, o métropolitain de Paris inaugurou a sua primeira linha, ligando Chateau de Vincennes à La Defense. Em 1895 a prefeitura da cidade aceitou o desenho do engenheiro Fulgence Bienvenue, que foi logo posto à prática, devido à Exposição Universal de 1900. Esse primeiro projeto de transporte ferroviário urbano comporta uuma linha circular "Etoile-Nation-Etoile", uma transversal norte-sul, "Porte de Clignancourt-Porte d’Orléans" e uma transversal leste-oeste, "Porte Maillot-Avenue Gambetta".


Três linhas foram adicionadas antes que o projeto definitivo tenha sido aprovado. No ano seguinte,começaram enfim os trabalhos na linha 1, Porte de Vincennes à Porte Maillot. Dois ramais foram construídos ao mesmo tempo: Porte Dauphine-Etoile e Etoile– Trocadéro. Em 19 de julho de 1900, as 13h00, a linha 1 começou a operar, depois de 17 meses de construção.

Hoje ele tem 14 linhas principais e duas menores (bis) e 215 km de trilhos... É parte integrante da cidade, com as suas estruturas imponentes e estações emblemáticas.


Paris é a única cidade que tem uma estação de metrô a cada 500m.

São 301 estações e uma é diferente da outra. Em comum, elas têm apenas os cartazes de propagandas. Graças à essa variedade, viajar de metrô na Cidade Luz passa a ser um passeio pelo século 20. Grande parte das estações, construídas no início do século, mantêm o estilo art noveau: Porte-Dauphine, Abbesses, Cluny La Sorbonne, La Défense. Fonte: Divulgação

Estação Louvre-Rivoli


segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Conheça o primeiro trem do mundo 100% movido a energia solar

O primeiro trem do mundo movido 100% a energia solar já existe e está circulando em fase de testes pelos trilhos de Byron Bay, na Austrália. A companhia ferroviária da cidade remodelou um trecho de três quilômetros e restaurou uma antiga locomotiva dos anos 70, equipando-a com painéis solares flexíveis de 6,5 kilowatts (kW).


O passeio foi inaugurado em dezembro de 2017, com serviço parcial. O funcionamento total começou em janeiro de 2018 e já é um sucesso. Já nos primeiros 19 dias, a novidade já tinha transportado 10 mil pessoas.


O trem comporta 100 passageiros sentados, com espaço para outros tantos em pé, além de bagagem, motos e pranchas de surfe. A tarifa para uma viagem de ida é de US $ 3 para pessoas maiores de 14 anos, US $ 2 crianças de 6 a 13 anos e gratuita para crianças até cinco anos. Fonte: Australian Trains




segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Construímos o futuro dos transportes sobre trilhos e terabytes

A divisão atua mundialmente fabricando locomotivas e fornecendo soluções para outros setores, como o de mineração e da indústria naval. A linha de montagem de locomotivas de Contagem, em Minas Gerais, foi a primeira da empresa a ser inaugurada fora dos Estados Unidos e trabalha para aumentar a produtividade e a eficiência dos trilhos do Brasil. 


Hoje, por meio de soluções digitais baseadas na internet industrial, somos capazes de monitorar as unidades que fabricamos em tempo real. Graças a tecnologias e softwares pensados especificamente para o mercado nacional, somos capazes de reduzir as quebras e os custos de manutenção e otimizar a operação de toda a malha ferroviária.

Isso reflete o compromisso da empresa com o país. Desde os anos 1940, a GE Transportation exerce um papel crucial no escoamento das exportações nacionais – com locomotivas produzidas nacionalmente desde 1966. Da Estrada de Ferro Sorocabana à Ferrovia dos Carajás, temos orgulho em carregar uma parte do Brasil com a nossa tecnologia. Fonte: GE