quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Estação New Street de Birmingham

A estação de New Street de Birmingham é um cubo importante do transporte e um aspecto chave  na mobilidade. Ocupando uma posição importante na cidade e lidar com uma grande quantidade de tráfego, que fornece a primeira impressão de Birmingham para um grande fluxo de visitantes para o Midlands.


A proposta para Birmingham New Street Station produz uma arquitetura icônica que, além de criar uma impressão,  capaz de comunicar ao público a função do edifício e o caráter de sua localização no centro de Birmingham City. Para tal, propõe-se dar expressão à natureza dinâmica do tema ferroviário. Fonte: Archdaily


quinta-feira, 15 de novembro de 2018

Trem de Offenburg para Konstanz - Rota da Floresta Negra

A Rota da Floresta Negra é muito conhecida, afinal as paisagens são deslumbrantes. A Floresta Negra (Schwarzwald em alemão) é uma cordilheira do sudoeste da Alemanha, atravessada pela linha divisória de águas entre o Oceano Atlântico e o Mar Negro. Sua linha ferroviária percorre 150 km de paisagens memoráveis entre Offenburg e Konstanz, passando por túneis, florestas de pinheiros e árvores de galhos escuros. Fonte: Divulgação


A Floresta Negra é uma cordilheira do sudoeste da Alemanha, no estado de Baden-Württemberg. Ela é separada pelo vale do Reno do maciço dos Vosges, de que retoma a forma triangular e o tipo de relevo, mais elevado ao sul. O ponto culminante é o Feldberg, que atinge 1493 metros.

sábado, 10 de novembro de 2018

Locomotivas são utilizadas no Canal do Panamá

Os navios são dirigidos no interior das eclusas por potentes locomotivas ferroviárias para não se chocarem com as paredes laterais das eclusas. A travessia do Canal é feita por três comportas, onde a água funciona como uma espécie de elevador. Vindo do Atlântico, por exemplo, o navio entra na comporta, com a água no mesmo nível do oceano. As eclusas são fechadas e as válvulas de enchimento são abertas.
 

A água entra através de poços do piso, elevando o navio 26 metros, até o nível do Lago de Gatún. As válvulas são fechadas novamente e os portões superiores abertos. O navio sai da comporta para o lago. E segue para as outras comportas, onde acontece o processo inverso de descida até o nível do oceano Pacífico. As portas das eclusas são maciças e de aço, sendo as eclusas triplas no lago de Gatún com 140 metros de altura e pesam 745 toneladas cada uma, mas são tão bem contrabalançadas que um motor de 56 kW é suficiente para abri-las.


O lago Gatún está à 26 metros acima do nível do mar, é alimentado pelo rio Chagres, onde foi construída uma barragem para a formação do lago. Do lago Gatún, o canal passa pela falha de Gaillard e desce em direção ao Pacífico, primeiramente através de um conjunto de eclusas em Pedro Miguel, no lago Miraflores, a 16,5 metros acima do nível do mar, e depois, através de um conjunto duplo de eclusas em Miraflores. Todas as eclusas do canal são duplas, assim as embarcações podem passar nos dois sentidos simultaneamente. Fonte: Divulgação



quarta-feira, 7 de novembro de 2018

A ficção nos trilhos de hoje - Rússia

O One Russo é um novo bonde ( VLT) que parece algo de um filme de ficção científica. As características do bonde futuristas com iluminação da cabine de LED, corrimãos de madeira e portas de vidro deslizantes que operam por toque.

O R1 como também é chamado é certo ter algum sucesso em seu lançamento. UVZ em Yekaterinurg assinou um acordo de parceria no transporte elétrico com o governo regional de Sverdlovsk, a administração da cidade de Yekaterinburg e estatal Gazprombank. Fonte: Moscou Times

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Trem VLT vai operar em Brasília/Valparaíso - A nova linha tem como base trilhos já utilizados por trens de cargas

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos confirmou, em nota, que trens de João Pessoa e de Natal, capital do Rio Grande do Norte, serão levados para compor uma linha de Veículos Leves Sobre Trilhos (VLT) em Brasília. A promessa é que, em breve, as duas cidades nordestinas receberão cinco novos trens, cada uma. 


A assessoria da CBTU paraibana informou que um trem deve ser levado e que não há prazo para a devolução, enquanto a representação nacional garantiu que os veículos serão devolvidos, mas também desconhece uma data limite. Confira nota:

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos vai dar início a uma nova operação de transporte de passageiros no país. Brasília deverá ganhar ainda este ano uma linha de VLT de 45 km, conectando a cidade de Valparaíso, em Goiás, até a estação rodoferroviária, na capital. A medida, que atende determinação do Ministério das Cidades, potencializa a capacidade de mobilidade e integração modal na região.

Durante os primeiros seis meses, o sistema funcionará em caráter experimental, utilizando dois trens. As composições serão transferidas de Natal e João Pessoa, onde a CBTU também responde pela operação ferroviária urbana. Os dois municípios estão prestes a receber cinco novos trens, cada, já encomendados pela Companhia. 

A nova linha tem como base trilhos já utilizados por trens de cargas, e que agora atenderão à população local. Após o final do período experimental, o trecho deverá receber trens do atual sistema de VLT de Fortaleza, compatíveis com a ferrovia brasiliense. Fonte: paraiba.com.br