sábado, 12 de janeiro de 2019

Uma composição inteira movida a bateria na Inglaterra

Um trem movido a bateria está sinalizando que os dias de barulho e poluição das locomotivas a diesel podem virar coisa do passado. Depois do teste com êxito de um protótipo em trilhos em Derby e Lancashire, na Inglaterra, o trem irá executar um serviço diário por cinco semanas entre as estações Harwich International e Manningtree, no condado de Essex.


É o primeiro de seu tipo em trilhos britânicos em mais de 50 anos. A National Rail disse que irá contribuir com a meta da companhia de redução de emissões, melhorar a sustentabilidade e reduzir seu custo operacional em 20% nos próximos cinco anos.

“Estamos sempre buscando meios de reduzir nossos custos e tornar a operação mais verde ao mesmo tempo”, disse hoje o diretor da empresa, James Ambrose. “Este projeto tem o potencial de contribuir de forma significativa com estas metas”.

Locomotivas a bateria existem há cerca de um século, embora raramente tenham sido usadas para o transporte de passageiros. Elas foram usadas, por exemplo, por fábricas de munição na Primeira Guerra para evitar o risco de explosão de fagulhas em locomotivas a vapor. Existe, hoje, uma frota delas no metrô de Londres, usadas em serviços de manutenção. Foto: Gene Hunt via photopin cc



Uma espécie de metrô para carros

As imagens mostram como os veículos desceriam para os túneis subterrâneos, e ainda indica que as viagens poderiam ser de até 200 quilômetros por hora. O conceito lembra uma espécie de "metrô" para carros, onde os veículos são levados de forma autônoma e com segurança.


Musk finalmente deu detalhes sobre o projeto em que a The Boring Company está trabalhando. O plano da empresa é desenvolver uma rede de túneis subterrâneos capaz de transportar carros a altas velocidades, sem que os motoristas precisem dirigir.

Elon Musk é um bilionário sul-africano que fez fortuna nos Estados Unidos, graças a empresas como PayPal, SpaceX e Tesla. O empreendedor já foi citado como o "Tony Stark da vida real", em referência ao personagem dos quadrinhos que é também o Homem de Ferro, graças ao seu dinheiro e investimentos em tecnologia de ponta.



A mais nova aposta de Elon Musk é a The Boring Company, empresa cujo nome, em tradução literal, é algo como "a empresa chata". O bilionário vem falando a respeito do mais novo empreendimento há algum tempo, com a promessa de que ela poderia "acabar com congestionamentos". Fonte: Olhar Digital