sexta-feira, 6 de julho de 2012

Trem de Passageiros entre Belo Horizonte e Vitória.

A Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM) tem 905 km de extensão e é uma das mais modernas e produtivas ferrovias do Brasil.

São 2 trens de passageiros circulando diariamente e é o único trem de passageiros diário no Brasil e liga duas importantes capitais brasileiras: Vitória-ES e Belo Horizonte-MG.

Em funcionamento desde 1907, o serviço incentiva o turismo e transporta cerca de um milhão de passageiros por ano com segurança e conforto. 

O trajeto percorre regiões de belas paisagens e importância histórica, passando por cidades coloniais às margens do Rio Piracicaba e do Rio Doce, em Minas Gerais, até chegar às praias do Espírito Santo. A viagem de 664 km dura aproximadamente 13 horas.


Um trem parte de Vitória às 7 horas da manhã e chega a Belo Horizonte por volta de 19 horas e 40 minutos. O outro trem sai de Belo Horizonte às 7 horas e 30 minutos e chega a Vitória às 20 horas e 10 minutos.


O trem conta com 3 vagões-restaurantes, 32 carros na classe econômica e 10 na classe executiva. Na classe executiva tem ar condicionado e serviço de bordo.


O preço da passagem de Belo Horizonte para Vitória na classe executiva custa R$ 82,00*. Já na classe econômica, o valor é de R$ 54,00* cada passagem.

As passagens devem ser adquiridas diretamente nas estações de trem e a venda dos bilhetes pode ser feita até 30 dias antes da viagem. As passagens costumam esgotar rapidamente, principalmente nos finais de semana e feriados.

* Os valores citados acima estão atualizados de acordo com a Vale e podem sofrer reajuste anual.


Fonte : http://www.turismocapixaba.com.br/

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Novo Trem de Metrô do Rio de Janeiro

A Repórter Ana Luiza Reyes foi até Changchun, na China, para mostrar a linha de produção dos novos trens do Metrô Rio.

A previsão de melhora só será percebida após a entrada de pelo menos de 5 trens em operação.


As composições estão sendo fabricadas na China, entre outras novidades existentes os trens terão telas de lcd, circuito interno de segurança, maior área livre dentro dos vagões.

Após a chegada de todos os trens o intervalo promete diminuir bastante. O aumento no números de usuários também será significativo.
Fonte: Rádio Globo

segunda-feira, 4 de junho de 2012

ETAV deve começar a operar em um mês


A Etav (Empresa do Trem de Alta Velocidade), estatal que vai gerenciar o projeto de trem-bala do país, deverá começar a operar um mês, disse hoje Bernardo Figueiredo, que foi escolhido pela presidente Dilma Rousseff para assumir a presidência da empresa.

Em 2010, o Congresso Nacional aprovou a criação da estatal, mas até agora ela não tinha sido efetivamente posta para funcionar devido ao fracasso em 2011 da primeira tentativa do governo de licitar o trem de alta velocidade entre Campinas-SP-RJ.

Segundo Figueiredo, que teve sua renomeação à presidência da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) rejeitada pelo Senado em fevereiro, a estatal já tem orçamento (R$ 8 milhões para esse ano) e precisaria de ter formalidades como registros, formação de conselho e o restante da diretoria para começar a funcionar.

"Acho que em um mês a gente resolve isso", disse Figueiredo que foi confirmado hoje pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, como presidente da estatal.

Na ANTT, Bernardo era o responsável pelo edital de concessão do trem-bala e principal interlocutor entre o governo e as empresas de tecnologia interessada em participar do projeto. Com sua saída, o projeto praticamente parou. Segundo ele, a agência continuará responsável por elaborar o edital da concessão do projeto, mas contará com apoio da Etav para elaborar o trabalho.


Bernardo se disse animado em continuar no projeto do trem de alta velocidade do país, mas não acredita que ele possa mais ser licitado esse ano. A previsão é que, após os processos de licitação, a obra dure mais seis anos.
01/06/2012 - Folha de S.Paulo

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Bombardier Zefiro

Feira internacional de transportes que se inicia nesta terça-feira, 21,  na Alemanha, mostra trens e outros veículos com tendência ecológica, com tecnologia e design focados na economia de combustível e utilização de formas alternativas de energia. 
Um dos veículos apresentados é o Bombardier Zefiro, trem de alto desempenho que alcança 380 km/h e teve a maior parte da sua produção feita com materiais "verdes", fazendo parte da tecnologia ECO4 implantada pela empresa. 



"A indústria de transporte ferroviário, assim como muitas outras, esteve em tempos de tempestade nos últimos anos, mas agora com o fim da crise temos novos desafios a serem realizados", afirmou André Navarri, presidente da Bombardier. Em contato com a imprensa e lideranças dos Verdes alemães, Navarri disse estar torcendo por uma vitória de Marina Silva, no Brasil, "pois ela tem essa proposta filosófica de desenvolvimento equilibrado entre economia e ecologia, que é a base da criação do nosso Zéfiro também". 
Ele gostaria de implantar um projeto deste tipo num país carente de transporte coletivo e com grande potencial de energias alternativas como o Brasil. André Navarri comentou que havia recebido online uma tradução em resumo das principais declarações da candidata do Partido Verde a Presidente do Brasil, em telejornal da Rede Globo, quando ela afirmou: "O homem saiu da Idade da Pedra não porque acabaram as pedras, mas foi encontrada uma alternativa melhor. Assim também, vamos sair da Idade do Petróleo".
Fonte: Reuters

http://www.bombardier.com/

sábado, 21 de abril de 2012

Roma-Nápoles, AGV Italo Alstom

O AGV. Italo fez uma viagem inaugural entre Roma e Nápoles (Itália) com vários jornalistas e gestão NTV bordo. O trem saiu de Roma, como planejado, pouco antes de 10 horas e chegou na hora em Nápoles às 11h05.



Fundada em 2006, a fim de operar rede de Itália de comboio de alta velocidade, NTV, primeira operadora privada da Itália, escolheu a Alstom em 2008 para fornecer e manter 25 trens AGV por um período de 30 anos. O projeto final para as composições e os seus órgãos internos - completamente personalizado para NTV - foram revelados no centro de manutenção de Nola em 13 de Dezembro de 2011.
Alstom
A primeira viagem foi a oportunidade para a imprensa para viajar a bordo da composição AGV primeiro. Os trens são ultramoderno, com um ótimo desempenho ambiental e econômico. A tecnologia de bordo também é projetado para permitir que todos os tipos de viajantes - famílias, estudantes, gestores e turistas - para permanecer conectado com seu ambiente e aproveitar ao máximo o seu tempo de viagem.
O AGV composições. Italo entrará em serviço comercial na linha Nápoles-Roma-Florença-Bolonha-Milão em 28 de Abril, antes de ser estendido para Salerno, Turim e Veneza no final do ano.