sexta-feira, 2 de agosto de 2013

China inaugura trem de carga para a Alemanha - Distância de 10.214 km

Um trem de carga de Zhengzhou, na região central da China, a Hamburgo, na Alemanha, foi inaugurado no dia 18 de julho para impulsionar o comércio bilateral.

O trem de contêineres vai começar sua jornada em Zhengzhou, capital da província de Henan, e passará por Cazaquistão, Rússia, Bielorrússia e Polônia antes de chegar à Alemanha. O trem viajará 10.214 km por entre 16 e 18 dias. O serviço pode encurtar o período de tempo necessário para o transporte de cargas de Zhengzhou à Europa pelo mar em cerca de 15 dias. O primeiro trem levará 665 toneladas de mercadorias como pneus, sapatos e roupas em 51 contêineres. O volume de comércio é de US$ 1,52 milhão, de acordo com as autoridades aduaneiras em Zhengzhou.


Haverá seis trens para Hamburgo este ano, que poderão atingir mais de US$ 100 milhões em exportações e importações.

Em 2014, o número de trens de carga de Zhengzhou para Hamburgo subirá para 50, gerando um volume de comércio de US$ 1 bilhão. Fonte: UIC

terça-feira, 30 de julho de 2013

Acidente com trem na Espanha

Francisco José Garzón Amo, maquinista do trem que descarrilou próximo à estação da capital galega na última quarta-feira, reconheceu perante o juiz Luis Aláez que na noite do acidente estava distraído a ponto de nem sequer saber onde se encontrava.

Fontes próximas ao caso informaram à agência EFE que o maquinista do trem, acusado pelo homicídio de 79 mortos e por vários delitos de lesão corporal, todos cometidos por imprudência profissional, reconheceu que estava mais do que o dobro da velocidade permitida na curva de La Grandeira, cujo limite é de 80 km/h.

O maquinista afirmou também que não havia percebido que já se aproximava deste ponto do percurso e, quando tentou frear, já era demais tarde.Amo testemunhou ontem durante cerca de duas horas e concordou que não houve falha técnica e nem problemas nas condições do veículo ou dos trilhos, mas sim um "erro humano", uma distração.

Fonte: EFE e Terra

quinta-feira, 18 de julho de 2013

EPL classifica consórcio para a fase de habilitação do TAV

A Empresa de Planejamento e Logística (EPL) anunciou, nesta terça-feira (16/7), o nome do consórcio classificado para a próxima fase da licitação que irá definir a gerenciadora e integradora dos trabalhos das empresas responsáveis pelo projeto executivo do Trem de Alta Velocidade (TAV).

Após análise de oito propostas por preço e técnica pelo RDC Presencial 003/2013, a comissão de licitação da EPL classificou o consórcio Geodata Italferr, formado pelas empresas Geodata do Brasil, Geodata Engineering e Italferr.


A fase de habilitação será no dia 18 de julho, às 9h30 da manhã, na sede da EPL. O resultado da análise da documentação será publicada no Diário Oficial da União, em data a ser definida.

O projeto executivo da Estrada de Ferro EF-222, que tem 511 quilômetros e liga as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Campinas, será segmentado para a contratação de várias empresas projetistas. A empresa gerenciadora acompanhará o desenvolvimento dos projetos executivos de engenharia, como túneis, pontes, via permanente, estações, pátios de manutenção e de estacionamento, que serão desenvolvidos pelas empresas contratadas. Fonte: EPL

terça-feira, 9 de julho de 2013

Transporte ferroviário de passageiros - Valores Agregados

Valores agregados com a utilização do transporte ferroviário de passageiros:

1- Diminuição significativa das mortes e feridos nas estradas, consequentemente, diminuição com gastos dos hospitais, remédios, tratamentos e aposentadoria precoce por invalidez. 

2- Com a diminuição de gastos com os acidentes, os governos poderão investir em outras áreas prioritárias;

3- Diminuição na emissão de CO2, melhorando a qualidade do ar, contribuindo com a saúde e a camada de ozônio;

4- Mais tempo para passar com a família, pois o transporte ferroviário é mais rápido e não fica preso em engarrafamentos;

5- Mais tempo para o lazer;

6- Valorização das cidades, aumento do turismo, aumento nos empregos, aquecimento da economia;

7- Diminuição dos gargalos nos portos e aeroportos, aumentando a competitividade. (Cargas)


Resultado de imagem para trens



terça-feira, 25 de junho de 2013

Mudança de bitola automática - Sistema Brava CAF

A mudança automática de uma bitola para outra é utilizado na Europa mais precisamente na Espanha, com essa técnica, permite uma composição adaptada para esse serviço trafegar em bitolas diferentes sem perder tempo com trocas de composições.

Na imagem abaixo, mostra a composição realizando a troca de bitola no aparelho rebitolador alocado na cobertura técnica de cor branca.


A inteligente adaptação tornou possível trafegar em bitolas Ibero 1668 mm e Européia 1435 mm ao mesmo tempo sem a necessidade de grandes investimentos na mudança de bitola de uma linha inteira.

Etsa técnica também é utilizada nos Trens de Alta Velocidade adaptados que ligam a Espanha a França.