Postagens

Metrô de São Paulo completa 48 anos da primeira viagem teste do sistema

Imagem
METRÔ DE SÃO PAULO FOI O PRIMEIRO A OPERAR EM A.T.O. O engenheiro explica que São Paulo foi a primeira cidade do mundo a operar um sistema metroviário no que os ingleses chamam de ATO (Operação Automática dos Trens). Isto aconteceu porque em razão de um acidente nos testes nos Estados Unidos, o Senado Americano restringiu por três anos o uso deste sistema de forma automatizada. O Metrô paulista iniciou a operação neste espaço de tempo, se tornando o pioneiro. “Somos o primeiro metrô do mundo a começar sua operação comercial em ATO. Nós até copiamos a tecnologia americana, mas lá aconteceu um acidente e o senado americano atrasou em três anos o começo do uso do ATO”, explicou Peter. Peter Alouche, um dos primeiros mil funcionários da empresa, contou ao Diário do Transporte que esta tarefa era vital para tornar viável a operação do metrô WILLIAN MOREIRA O Metrô de São Paulo completou nesta semana em 6 de julho de 2021, 48 anos da realização do primeiro teste de viagem de trens da empresa

Trem de alta velocidade com baterias de íons de lítio

Imagem
O Japão inaugurou no início deste mês o mais novo modelo de trem-bala para ligar Tóquio a Osaka. O N700S é o trem mais rápido do mundo, atingindo 360 km/h durante testes. No entanto, por motivos de segurança, não irá correr mais que 285 km/h com passageiros a bordo em modo de cruzeiro. O novo trem também tem uma excelente nova bateria de íons de lítio que permitirá que funcione até mesmo em caso de terremotos ou outras situações de emergência. A ideia é permitir que o veículo saia de áreas de risco nestas situações, em especial túneis e pontes, para manter os passageiros em segurança. A estreia do N700S foi programada para coincidir com a iminência dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A Olimpíada, porém, foi adiada para 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus. Os Jogos Olímpicos e o transporte ferroviário de alta velocidade têm uma história muito próxima no Japão. A linha Tokaido Shinkansen, na qual o N700S está transportando passageiros, foi inaugurada para a Olimpíada de Tóquio

China constrói sua primeira ferrovia de alta velocidade com PPP

Imagem
Hangzhou, 22 jun (Xinhua) -- A primeira ferrovia de alta velocidade da China controlada por capital privado foi construída para conectar várias cidades na Província de Zhejiang, no leste do país. Nesta terça-feira, os trilhos foram concluídos para a ferrovia intermunicipal Hangzhou-Shaoxing-Taizhou, um dos primeiros projetos ferroviários de alta velocidade da China financiados por uma parceria público-privada (PPP), com o setor privado tendo um status de controlador. Com um investimento total de quase 44,9 bilhões de yuans (cerca de US$ 6,95 bilhões), a linha ferroviária de 266,9 km foi projetada com oito paradas e velocidade de até 350 km/h. A nova linha ferroviária será inaugurada até o final deste ano e será conectada à rede de alta velocidade na região do Delta do Rio Yangtzé. Reduzirá pela metade o tempo de viagem entre Hangzhou e Taizhou, para aproximadamente uma hora. Fonte: Divulgação

Metrô de Tóquio 290 Estações

Imagem
A quantidade de passageiros que transporta o metrô de Tóquio num ano é de 3,2 bilhões de pessoas, número bastante próximo ao de Pequim. No entanto, ao revisar outros números do sistema japonês, é possível notar que possui mais estações que o chinês, 290 especificamente, mas menos linhas (13) e menos quilômetros de vias (310 km). Como a maioria dos sistemas selecionados, o de Tóquio também não possui serviço 24 horas. No entanto, seu horário parte das 5:00 da manhã, até 1:00 da manhã do dia seguinte. Nas horas pico os trens passam por cada estação a cada 3 minutos. Nos horários com menos demanda, a cada 10 minutos. O valor da passagem desse sistema de metrô está estruturado dependendo das distâncias que percorre. Assim, o trajeto mais curto que se pode fazer vai de 1 a 6 km, o que custa 160 ienes, ou U$ 1,33. O maior percurso, de 28 a 40 km, sai por U$ 2,50.  No entanto, pode-se comprar um ticket diário para cada uma de suas duas redes, Metro Tokio e Toei. Também exi

Um dos mais avançados do mundo

Imagem
É fácil conhecer Dubai, uma cidade com avenidas excelentes apesar de engarrafamentos em alguns bairros nos horários mais movimentados. Antes de sair, informe-se quanto tempo levará até o seu destino final, assim, você terá tempo suficiente para conhecer Dubai pela primeira vez. A maioria dos visitantes opta por pegar um táxi, já que o preço é bastante razoável, ou por dirigir por conta própria, apesar das constantes mudanças nas avenidas e do tráfego congestionado. O Metrô de Dubai é um dos transportes públicos mais avançados do mundo, completamente automatizado, possui estações com ar condicionado e vagões separados apenas para mulheres e crianças e ainda vagões chamados de Gold Class para passageiros que desejam viajar com mais conforto.  Duas linhas de metrô de Dubai cobrem uma grande parte da cidade, a linha vermelha vai de Rashidiya e do Aeroporto de Dubai pelo centro da cidade e ao longo de Sheikh Zayed Road, a linha verde passa por alguns dos mais movimentado