segunda-feira, 25 de março de 2019

Renfe inicia compra de 211 trens por 2.270 milhões de euros

A diretoria da Renfe aprovou nesta segunda-feira a licitação para a compra de 211 trens de grande capacidade, no valor de 2.270,5 milhões de euros. No total, o valor do concurso é de 2.726,6 milhões de euros. Este montante inclui a aquisição de peças do parque, a manutenção de parte dos trens adquiridos por 15 anos, bem como as ferramentas e o depósito inicial necessário para tal manutenção. A manutenção de primeiro nível será realizada através de uma empresa mista com a Renfe Fabricacion y Mantenimiento.


O objetivo desta operação é renovar a frota de material circulante para maximizar a capacidade de transporte em grandes núcleos Cercanias altamente saturado em pontos críticos, como perto de Madrid, túnel Sol ou de Recoletos. Para isso, serão adquiridos no mínimo 900 assentos (no caso de 100 metros), o que representa um aumento de 20% na capacidade sobre a atual frota de trens Civia.

Do total de 211 trens, 176 terão um comprimento de 100 metros (os do primeiro lote) e outros 35 atingirão 200 metros (os do segundo lote). Ambas as modalidades têm a opção de crescer em tamanho, se necessário.

Os novos trens Cercanias terão melhorias de acessibilidade e conforto para os passageiros, acesso para pessoas com mobilidade reduzida, áreas para bicicletas e carrinhos de crianças, além de acesso Wi-Fi público.

O concurso inclui a opção de adquirir até 120 trens adicionais também em dois lotes (96 de 100 metros e 24 de 200) e sua manutenção por um período coincidente com os trens adquiridos na empresa. Fonte: El País