Postagens

Hunter Valley - Austrália

Imagem
A rede de transporte ferroviário de Hunter Valley executou uma atualização de $ 1,2 bilhão nos últimos cinco anos, vai haver um aumento substancial da capacidade de entrega de carvão de Hunter Valley para o Porto de Newcastle em New South Wales, Austrália. O programa de atualização inclui a construção de uma terceira linha entre Maitland e Whittingham, O australiano RailTrack Corporation (ARTC) realizou a atualização para atender às crescentes necessidades de transporte da indústria do carvão. Fonte: Trains Aust

VLT - Acumuladores de Carga Rápida

Imagem
Trem Leve Sobre Trilhos ACR - Acumuladores de Carga Rápida - capaz de operar sem catenária, sem terceiro trilho, sem alimentação pelo solo e sem baterias convencionais. O veículo - que já opera em Sevilha e em Saragoça -possui um pantógrafo que só se eleva durante as paradas, para uma carga rápida de 20 segundos. A carga é feita em uma seção de catenária com o mesmo comprimento do VLT. Uma vez carregados, os acumuladores dão ao veículo autonomia de 1.400 metros, mais que suficiente para chegar à próxima estação e carregar de novo. Um sistema de recuperação de energia na frenagem complementa a alimentação dos motores de tração. O ACR foi desenvolvido pela Trainelec, empresa do grupo CAF. Fonte: CAF Vídeo/Foto: Silvério Borges

Acoplamento na cauda em movimento

Imagem
O trem que transporta o minério de ferro de Carajás, no Pará, que tem as maiores e melhores minas a céu aberto do mundo, até o porto da Ponta da Madeira, em São Luís do Maranhão, é maior trem de carga do mundo. Ele tem 330 vagões, puxados por quatro locomotivas, com quase 3.500 metros de extensão. Pode carregar 40 mil toneladas em cada viagem, num percurso de 892 quilômetros, demorando quatro minutos para passar por inteiro. Dez anos depois que esse imenso trem começou a circular, a mineradora Vale está testando um novo trem, com quase o dobro do atual. São 660 vagões, 110 por cada trem, que podem transportar 68 mil toneladas por viagem. É a mesma capacidade de um navio padrão de carga de alguns anos atrás e ainda um bom tamanho, como nos que atracam no porto de Vila do Conde, em Barcarena. Até 2008, os comboios que operavam na ferrovia de Carajás tinham, no máximo, 220 vagões. O acréscimo de 110 vagões naquele ano teve o objetivo de aumentar a exportação de minério de ferro

Alstom Citados X05 Qatar

Imagem
Com uma extensão de rede de 34 km distribuídos em 4 linhas, este é o maior projeto de sistema de trem elétricos na região do Golfo. Vai servir Lusail, uma nova cidade localizada a norte de Dohaproporcionando uma opção de mobilidade amiga do ambiente para os residentes. Tem 29 estações dentro de Lusail e liga-se ao metrô de Doha.

Prosper VLT Marcopolo

Imagem
O Prosper VLT, lançado em dezembro de 2020, é um veículo leve sobre trilhos de embarque em nível, versátil e desenvolvido para atender os mais diversos projetos de transporte ferroviário de passageiros. . Foi desenvolvido com foco em baixos custos de implementação ou recuperação de sistemas existentes e baixos custos de operação, aliados a design moderno e conforto.

Construímos o futuro dos transportes sobre trilhos e terabytes

Imagem
A divisão atua mundialmente fabricando locomotivas e fornecendo soluções para outros setores, como o de mineração e da indústria naval. A linha de montagem de locomotivas de Contagem, em Minas Gerais, foi a primeira da empresa a ser inaugurada fora dos Estados Unidos e trabalha para aumentar a produtividade e a eficiência dos trilhos do Brasil.  Hoje, por meio de soluções digitais baseadas na internet industrial, somos capazes de monitorar as unidades que fabricamos em tempo real. Graças a tecnologias e softwares pensados especificamente para o mercado nacional, somos capazes de reduzir as quebras e os custos de manutenção e otimizar a operação de toda a malha ferroviária. Isso reflete o compromisso da empresa com o país. Desde os anos 1940, a GE Transportation exerce um papel crucial no escoamento das exportações nacionais – com locomotivas produzidas nacionalmente desde 1966. Da Estrada de Ferro Sorocabana à Ferrovia dos Carajás, temos orgulho em carregar uma parte do Br

Glacial Express

Imagem
O Glacial Express é uma lendária ferrovia entre as cidades de St. Morits e Zermatt na Suiça. Desde 1930, trens a vapor são conduzidos pelo percurso panorâmico sobre montanhas e vales dos Alpes Suíços. Desde 1993, carros luxuosos de primeira classe fazem a travessia alpina no Glacial Express uma experiência espetacular. Durante o percurso de 07:30 horas você passará por nada menos que 291 pontes, 91 túneis e o Oberalp Pass com 2.033 m de altitude. Fonte: Divulgação                              

A ficção nos trilhos de hoje

Imagem
O One Russo é um novo bonde ( VLT) que parece algo de um filme de ficção científica. As características do bonde futuristas com iluminação da cabine de LED, corrimãos de madeira e portas de vidro deslizantes que operam por toque. O R1 como também é chamado é certo ter algum sucesso em seu lançamento. UVZ em Yekaterinurg assinou um acordo de parceria no transporte elétrico com o governo regional de Sverdlovsk, a administração da cidade de Yekaterinburg e estatal Gazprombank. Fonte: Moscou Times

Híbrido Rail Road Truck-SF02- Linsinger

Imagem
O veículo Híbrido Rail Road Truck-SF02 da Linsinger, de alto desempenho, produtivo é um multitalentoso entre máquinas que fazem a manutenção e são responsáveis pelo frisamento de trilhos que proporciona uma ótima rolagem dos trens. Um design híbrido engenhoso que permite a fácil transferência da máquina para os trilhos e estradas rodoviárias, ideal para pequenos e médios lotes de construção, bem como para redes ferroviárias, metroviárias e veículos leves sobre trilhos. Fonte: Linsinger

Primeiro Trem de Carga Jinbo Europa China

Imagem
O primeiro trem de carga "Jinbo" China-Europa com itens para a Exposição Internacional de Importação da China (CIIE, em inglês) chegou a Shanghai na manhã desta sexta-feira. É a primeira vez que as mercadorias para a feira chegam ao município por esta via. Trinta e cinco contêineres com peças pesando cerca de 460 toneladas foram levados primeiro de Hamburgo e Duisburgo na Alemanha para Malaszewicze na Polônia. Em seguida, foram transportados pelo trem de carga que entrou na China via Passagem de Alataw, um importante porto ferroviário em Xinjiang, para Shanghai. "Jinbo" é a abreviação em chinês de Exposição Internacional de Importação da China. Os produtos em exibição na 4ª CIIE incluem sistemas combinados inteligentes de jateamento a vácuo e peças elétricas de máquinas. Os itens e o trem de carga foram todos desinfetados e verificados antes de entrarem na China para atender às diretrizes de prevenção e controle epidêmicos da feira. De acordo com Wang Jinqiu, presid

Trem de 2,5 km de extensão atravessa o deserto do Saara

Imagem
A  Mauritânia também é o lar de um dos trens mais longos e pesados ​​do mundo. A ferrovia da Mauritânia, apelidada de espinha dorsal do Saara, é uma ferrovia de uma via única que conecta a cidade mineira de Zouerat à cidade portuária de Nouadhibou, na costa atlântica. Operando desde 1963, um serviço diário transporta cerca de 17.000 toneladas de minério de ferro pelo deserto do Saara. Composto por 200 vagões e três a quatro locomotivas a diesel, o trem de minério de ferro pode atingir até três quilômetros de extensão e percorrer uma distância total de 700 km em seu percurso. O trem também transporta passageiros em um vagão designado de e para comunidades distantes nas profundezas do Saara, mas os moradores geralmente optam por abandonar o vagão de passageiros superlotado e, em vez disso, embarcar no trem de graça. Para muitos mauritanos que vivem no deserto, este é o único meio de viajar para a costa. O trem também pode transportar veículos rodoviários, para os quais os passageiros pre

Conheça as mais Incríveis Estações de Trens Pelo Mundo

Imagem
Nos séculos passados, viajar de trem costumava ser a única opção e muito era investido nas estações para parecerem as maiores e mais imponentes possíveis, tornando-se símbolos do império e da riqueza de cada cidade e país. Hoje em dia, muitas estações de trem tornam-se não só um ponto de chegadas e partidas durante uma viagem, mas viram mesmo atrações turísticas por si só. Fonte: TransTrilhos/Divulgação  Estação Central da Antuérpia, Bélgica  Estação de Dunedin, Nova Zelândia  Estação Central de Helsinque, Finlândia  Estação de São Bento, Porto, Portugal  Gare du Nord, Paris, França  Grand Central Station, Nova York, EUA  Union Station, Los Angeles, EUA King’s Cross Station, Londres, Inglaterra  Estação de Sirkeci, Istambul, Turquia  Estação Ferroviária do Rossio, Lisboa, Portugal  Estação de Atocha, Madrid, Espanha  Estação Central de Amsterdam, Holanda  Estação Chhatrapati Shivaji,

Marcopolo Rail Fornecerá People Movers Articulados

Imagem
A Marcopolo Rail, divisão da Marcopolo focada no desenvolvimento de novos modais sobre trilhos, fornecerá people movers para o consórcio AeroGRU, formado pelas empresas Aerom, HTB, FBS e TSEA. O consórcio é responsável pelo projeto de transporte de passageiros da linha 13-Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) aos terminais 1, 2 e 3 de passageiros do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. A proposta comercial de fornecimento dos veículos foi validada entre a companhia e o consórcio este mês. O Termo Aditivo para construção do Trem de Acesso ao Aeroporto de Guarulhos – Airport People Mover – foi assinado pelo hoje (8/9) pela manhã, marcando o início das obras de construção do sistema. Serão três composições de dois carros, conhecidos tecnicamente como Automated People Movers (ATM), fabricados e integrados pela Marcopolo Rail. O sistema terá funcionamento autônomo (driveless) e fará um trajeto de 2,6 quilômetros entre a estação ferroviária e o aeroporto. O

Metrô de São Paulo completa 48 anos da primeira viagem teste do sistema

Imagem
METRÔ DE SÃO PAULO FOI O PRIMEIRO A OPERAR EM A.T.O. O engenheiro explica que São Paulo foi a primeira cidade do mundo a operar um sistema metroviário no que os ingleses chamam de ATO (Operação Automática dos Trens). Isto aconteceu porque em razão de um acidente nos testes nos Estados Unidos, o Senado Americano restringiu por três anos o uso deste sistema de forma automatizada. O Metrô paulista iniciou a operação neste espaço de tempo, se tornando o pioneiro. “Somos o primeiro metrô do mundo a começar sua operação comercial em ATO. Nós até copiamos a tecnologia americana, mas lá aconteceu um acidente e o senado americano atrasou em três anos o começo do uso do ATO”, explicou Peter. Peter Alouche, um dos primeiros mil funcionários da empresa, contou ao Diário do Transporte que esta tarefa era vital para tornar viável a operação do metrô WILLIAN MOREIRA O Metrô de São Paulo completou nesta semana em 6 de julho de 2021, 48 anos da realização do primeiro teste de viagem de trens da empresa

Trem de alta velocidade com baterias de íons de lítio

Imagem
O Japão inaugurou no início deste mês o mais novo modelo de trem-bala para ligar Tóquio a Osaka. O N700S é o trem mais rápido do mundo, atingindo 360 km/h durante testes. No entanto, por motivos de segurança, não irá correr mais que 285 km/h com passageiros a bordo em modo de cruzeiro. O novo trem também tem uma excelente nova bateria de íons de lítio que permitirá que funcione até mesmo em caso de terremotos ou outras situações de emergência. A ideia é permitir que o veículo saia de áreas de risco nestas situações, em especial túneis e pontes, para manter os passageiros em segurança. A estreia do N700S foi programada para coincidir com a iminência dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. A Olimpíada, porém, foi adiada para 2021 por conta da pandemia do novo coronavírus. Os Jogos Olímpicos e o transporte ferroviário de alta velocidade têm uma história muito próxima no Japão. A linha Tokaido Shinkansen, na qual o N700S está transportando passageiros, foi inaugurada para a Olimpíada de Tóquio

China constrói sua primeira ferrovia de alta velocidade com PPP

Imagem
Hangzhou, 22 jun (Xinhua) -- A primeira ferrovia de alta velocidade da China controlada por capital privado foi construída para conectar várias cidades na Província de Zhejiang, no leste do país. Nesta terça-feira, os trilhos foram concluídos para a ferrovia intermunicipal Hangzhou-Shaoxing-Taizhou, um dos primeiros projetos ferroviários de alta velocidade da China financiados por uma parceria público-privada (PPP), com o setor privado tendo um status de controlador. Com um investimento total de quase 44,9 bilhões de yuans (cerca de US$ 6,95 bilhões), a linha ferroviária de 266,9 km foi projetada com oito paradas e velocidade de até 350 km/h. A nova linha ferroviária será inaugurada até o final deste ano e será conectada à rede de alta velocidade na região do Delta do Rio Yangtzé. Reduzirá pela metade o tempo de viagem entre Hangzhou e Taizhou, para aproximadamente uma hora. Fonte: Divulgação

Metrô de Tóquio 290 Estações

Imagem
A quantidade de passageiros que transporta o metrô de Tóquio num ano é de 3,2 bilhões de pessoas, número bastante próximo ao de Pequim. No entanto, ao revisar outros números do sistema japonês, é possível notar que possui mais estações que o chinês, 290 especificamente, mas menos linhas (13) e menos quilômetros de vias (310 km). Como a maioria dos sistemas selecionados, o de Tóquio também não possui serviço 24 horas. No entanto, seu horário parte das 5:00 da manhã, até 1:00 da manhã do dia seguinte. Nas horas pico os trens passam por cada estação a cada 3 minutos. Nos horários com menos demanda, a cada 10 minutos. O valor da passagem desse sistema de metrô está estruturado dependendo das distâncias que percorre. Assim, o trajeto mais curto que se pode fazer vai de 1 a 6 km, o que custa 160 ienes, ou U$ 1,33. O maior percurso, de 28 a 40 km, sai por U$ 2,50.  No entanto, pode-se comprar um ticket diário para cada uma de suas duas redes, Metro Tokio e Toei. Também exi

Um dos mais avançados do mundo

Imagem
É fácil conhecer Dubai, uma cidade com avenidas excelentes apesar de engarrafamentos em alguns bairros nos horários mais movimentados. Antes de sair, informe-se quanto tempo levará até o seu destino final, assim, você terá tempo suficiente para conhecer Dubai pela primeira vez. A maioria dos visitantes opta por pegar um táxi, já que o preço é bastante razoável, ou por dirigir por conta própria, apesar das constantes mudanças nas avenidas e do tráfego congestionado. O Metrô de Dubai é um dos transportes públicos mais avançados do mundo, completamente automatizado, possui estações com ar condicionado e vagões separados apenas para mulheres e crianças e ainda vagões chamados de Gold Class para passageiros que desejam viajar com mais conforto.  Duas linhas de metrô de Dubai cobrem uma grande parte da cidade, a linha vermelha vai de Rashidiya e do Aeroporto de Dubai pelo centro da cidade e ao longo de Sheikh Zayed Road, a linha verde passa por alguns dos mais movimentado