terça-feira, 22 de junho de 2021

China constrói sua primeira ferrovia de alta velocidade com PPP

Hangzhou, 22 jun (Xinhua) -- A primeira ferrovia de alta velocidade da China controlada por capital privado foi construída para conectar várias cidades na Província de Zhejiang, no leste do país.

Nesta terça-feira, os trilhos foram concluídos para a ferrovia intermunicipal Hangzhou-Shaoxing-Taizhou, um dos primeiros projetos ferroviários de alta velocidade da China financiados por uma parceria público-privada (PPP), com o setor privado tendo um status de controlador.


Com um investimento total de quase 44,9 bilhões de yuans (cerca de US$ 6,95 bilhões), a linha ferroviária de 266,9 km foi projetada com oito paradas e velocidade de até 350 km/h.

A nova linha ferroviária será inaugurada até o final deste ano e será conectada à rede de alta velocidade na região do Delta do Rio Yangtzé. Reduzirá pela metade o tempo de viagem entre Hangzhou e Taizhou, para aproximadamente uma hora. Fonte: Divulgação

domingo, 13 de junho de 2021

Metrô de Tóquio 290 Estações

A quantidade de passageiros que transporta o metrô de Tóquio num ano é de 3,2 bilhões de pessoas, número bastante próximo ao de Pequim. No entanto, ao revisar outros números do sistema japonês, é possível notar que possui mais estações que o chinês, 290 especificamente, mas menos linhas (13) e menos quilômetros de vias (310 km).


Como a maioria dos sistemas selecionados, o de Tóquio também não possui serviço 24 horas. No entanto, seu horário parte das 5:00 da manhã, até 1:00 da manhã do dia seguinte. Nas horas pico os trens passam por cada estação a cada 3 minutos. Nos horários com menos demanda, a cada 10 minutos.

O valor da passagem desse sistema de metrô está estruturado dependendo das distâncias que percorre. Assim, o trajeto mais curto que se pode fazer vai de 1 a 6 km, o que custa 160 ienes, ou U$ 1,33. O maior percurso, de 28 a 40 km, sai por U$ 2,50. 

No entanto, pode-se comprar um ticket diário para cada uma de suas duas redes, Metro Tokio e Toei. Também existe a opção de comprar um bilhete diário para as duas redes, que custa U$ 8,32. Fonte: Archdaily. Veja mais postagens no início do site.