sábado, 10 de janeiro de 2015

Concessionária MRS revitalizou 46 passagens em nível

Para garantir a segurança ferroviária, a MRS investiu em 2014, cerca de R$ 5 milhões em obras de eliminação de interferências, entre elas a construção de viadutos e passarelas, e sete quilômetros de linha férrea que foram vedados em pontos críticos.


Apesar disso, ainda existem muitos pontos nos quais pedestres, veículos e ferrovia convivem no mesmo espaço. Para garantir a segurança nesses locais, a MRS revitalizou, em 2014, 46 passagens em nível ao longo de toda a malha, o investimento de R$ 3,5 milhões fez parte de um Plano Plurianual, aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e terá continuidade nos próximos anos.

Recentemente, quatro passagens foram revitalizadas em Juiz de Fora, que é a cidade que possui o maior número de registros de acidentes ferroviários envolvendo comunidades ao longo da linha férrea. Com base nisso, a MRS entregou melhorias em quatro passagens de pedestres: Mariano, Tupi, Senai e Democrata. Com o objetivo principal de melhorar a segurança ferroviária em passagens de pedestres. Para isso, foram apontadas três principais frentes de trabalho: continuidade da limpeza e manutenção da faixa de domínio, incluindo vedação em alguns pontos; combate ao despejo de lixo na ferrovia; e revitalização das passagens de pedestres. Fonte: Revista Ferroviária
_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...