terça-feira, 19 de julho de 2016

Guindastes Multi Tasker KRC 800N da montadora alemã Kirow Ardelt - VLI

A VLI empresa especializada em operações logísticas que integram ferrovias, portos e terminais, recebeu três novos equipamentos que fazem parte do Programa de Mecanização de Via Permanente. Esse projeto tem o objetivo de ampliar o uso de máquinas em serviços realizados na malha ferroviária administrada pela companhia. Consequentemente, a estratégia possibilita o reforço da segurança e da produtividade na execução desses trabalhos. As recentes aquisições devem entrar em operação em 2016.


A Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) passará a contar com um caminhão de solda elétrica que está sendo montado no Brasil com equipamentos fabricados nos Estados Unidos. Essa será a primeira estrutura do tipo utilizada na malha administrada pela VLI. A aquisição possibilitará o aperfeiçoamento nos trabalhos de soldagens de trilhos ao longo da via.

A Ferrovia Norte Sul (FNS) receberá um caminhão de ultrassom, que está sendo montado no Brasil com itens importados da República Tcheca, e um guindaste ferroviário, fabricado na Alemanha. O primeiro equipamento possibilitará o aumento na produtividade e na confiabilidade das inspeções realizadas na via. Já o segundo trará mais agilidade no atendimento a demandas que envolvam o içamento de vagões, locomotivas ou materiais pesados.

Ao total, o Programa de Mecanização de Via Permanente desenvolvido pela VLI prevê a compra de mais de 60 equipamentos de médio e grande porte entre 2012 e 2018. Durante esse período, a empresa também capacitará empregados para operar e manter as máquinas que vem sendo adquiridas. Fonte: VLI


_____________________Revista Eletrônica Transportes Sobre Trilhos - O Futuro da Mobilidade - RETT_____________________
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...