sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Metrô do Porto vai trazer mais 33 mil passageiros diários - Linha Rosa

As obras em curso, para a extensão da linha Amarela e para a construção da linha Rosa, implicam um investimento global de cerca de 365 milhões de euros e deverão estar concluídas em 2023.


As extensões em curso de duas linhas do Metro do Porto irão trazer cerca de mais 33 mil passageiros por dia a este sistema de transporte da área metropolitana do Porto, revelou esta terça-feira Tiago Braga, presidente da Metro do Porto, numa intervenção durante a ‘Portugal Railway Summit 2021’, que está a decorrer entre hoje e amanhã.

As obras em curso implicam um investimento global de cerca de 365 milhões de euros e deverão estar concluídas em 2023. Em causa está a construção de uma nova linha, a Rosa, circular, com uma extensão de cerca de três quilómetros.

A nova linha Rosa ligará São Bento/Praça da Liberdade à Casa da Música e terá quatro estações, incluindo no Hospital de Santo António e na Praça de Galiza. O investimento previsto nesta nova linha do Metro do Porto é de cerca de 235 milhões de euros. Por seu turno, a extensão da linha Amarela ligará Santo Ovídio a Vila d’Este e também terá uma extensão de cerca de três quilómetros.

O investimento estimado para o prolongamento da linha Amarela do Metro do Porto, com a construção prevista de outras três estações, é de cerca de 130 milhões de euros. Tiago Braga destacou ainda o investimento que a Metro do Porto está a fazer na aquisição de 18 novas composições, ou seja, comboios e carruagens. Fonte: Sapo PT