segunda-feira, 31 de março de 2014

A Russa Wagon Company e a Americana Timken assinam acordo

A Wagon Company Empresa Russa, juntamente com a Timken EUA, a maior produtor mundial de rolamentos, assinou um acordo sobre a criação de uma produção conjunta de rolamentos em território da Rússia.

O novo empreendimento está previsto para o comissionamento para o segundo semestre de 2015, enquanto a sua futura produção será utilizada na fabricação de vagões de cargas.

De acordo com o Vice-Presidente Brian Ruel, Timken, a empresa está interessada no desenvolvimento ativo no mercado ferroviário da Rússia e países da CEI, principalmente devido a processos em curso de renovação de frotas locais de vagões ferroviários de carga.




domingo, 30 de março de 2014

Deustshe Bahn - DB Alemanha encomenda 29 novos trens da Bombardier

A alemã Deutsche Bahn encomendou para Bombardie, 29 composições unidades elétrica para o serviço de trens urbanos S-Bahn Mitteldeutschland.

A encomenda faz parte don contrato assinado em 2007 entre o operador ferroviário nacional e Bombardier.

Este investimento irá contribuir para a nossa contínua modernização de material rodante para o benefício de nossos clientes. Estamos preparando a empresa para o futuro, melhorando a nossa posição competitiva. Os 19 trens de três carros e 10 trens de cinco carros começarão o serviço comercial a partir do Outono de 2016, disse o Dr. Rudiger Grube, chefe executivo da DB.


sexta-feira, 28 de março de 2014

RZD da Rússia vendeu participação na Aeroexpress

RZD da Rússia anunciou oficialmente sobre a venda de parte de sua participação na Aeroexpress Ltd, a operadora de serviços de ligação ferroviária do em Moscou . Sobre os termos do acordo, a empresa vendeu sua participação de 25% "TransGroup AS, uma das principais empresas de transporte da Rússia.

O valor do negócio não foi divulgado, mas, de acordo com algumas fontes, pode chegar a 555 milhões de rublos.

De acordo com a RZD, a empresa experimenta atualmente a falta de fundos para o desenvolvimento do Aeroexpress e não têm a oportunidade de contrair empréstimos em bancos para o financiamento do Aeroexpress.


Fonte: RZD Rússia Aeroexpress

Alstom entrega trens de Metrô na Hungria

Trens de metrô da Alstom começaram serviço comercial em 28 de março na Hungria sobre a nova linha de metrô de Budapeste 4, a primeira linha de metrô automatizado de Europa Centro-Oriental. Como parte da inauguração oficial da linha, 15 novos trens Metropolis foram colocados em operação pelo primeiro ministro da Hungria. A nova linha de 7,4 quilômetros que liga dois importantes entroncamentos ferroviários da cidade, a Estação de Buda Kelenföld Intermodal com a estação de Pest Eastern Railway. Estes trens fazem parte dos 37 Metropolis encomendados para ambas as linhas.


A aquisição de novos trens de metrô Metropolis faz parte do maior programa de modernização e desenvolvimento do transporte da frota de Budapeste. Fornecendo uma solução eficiente e confortável para 1 milhão de passageiros por dia a partir dos 1,8 milhões de cidadãos de Budapeste representou um grande desafio para a cidade. A decisão foi tomada para substituir a frota em operação na linha 2 e para construir uma nova linha automatizada 4 fornecido com driverless no material rodante.

Esta é a primeira vez que os passageiros do metrô de Budapeste vai experimentar um metrô automatizado. Para familiarizar os viajantes com o novo sistema, a cabine do piloto é composta por um supervisor de trem.

Iluminação moderna e um interior de luz combinado com o tom morno, vermelho dos tapetes cria uma atmosfera relaxante e um ambiente espaçoso itinerante. O conforto e segurança dos passageiros é reforçada.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Rio apresenta o protótipo do VLT da cidade - Aberto para visitação

A Prefeitura do Rio informou que apresenta nesta quinta-feira (27) o protótipo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que ficará aberto à visitação pública entre os galpões ferroviários da Gamboa, na Região Portuária, próximo ao Túnel Ferroviário do Morro da Providência. O objetivo é permitir que a população conheça o novo modelo de transporte, uma espécie de bonde moderno elétrico e que não polui o meio ambiente.


O VLT começará a circular em 2016 no Centro e na Região Portuária, integrando passageiros de barcas, aeroporto, trens, metrô, teleférico, ônibus convencionais e BRTs. O protótipo ficará aberto à visitação pública todos os dias da semana, entre 9h e 20h.

Formado por sete módulos articulados, o VLT vai circular 24 horas por dia e terá capacidade para transportar 285 mil pessoas diariamente. O sistema compreende 28 quilômetros de percurso e, além dos trilhos por onde o veículo vai passar, a obra abrange a implantação de paradas e sinalização especial para que VLT, carros, ônibus e pedestres possam compartilhar as vias da cidade com segurança. Um dos primeiros do mundo projetado totalmente sem catenárias (cabos para captar energia elétrica em fios suspensos) e por isso com menor impacto e interferência visual na paisagem carioca, o modal ofertará serviço rápido, confortável, seguro e silencioso, além de operar com sistema não poluente e baixos níveis de vibração.




As obras começaram em março pelo Túnel Ferroviário, sob o Morro da Providência. No primeiro momento vão priorizar a implantação do Centro Integrado de Operação e Manutenção (Ciom), unidade de trabalho para concentração dos sistemas técnico-operacionais do VLT. Para a instalação do Ciom será necessário construir uma nova Vila Olímpica na Gamboa. Durante o período de intervenções, não haverá prejuízo às atividades esportivas, porque o projeto contempla a implantação de uma Vila Olímpica temporária. Fonte: O Fluminense e O Dia.



Diretrizes Gerais do Projeto